Mercado do boi gordo opera mais “travado”, com cotação da arroba estável

Na avaliação dos analistas da Scot, o “descarte forçado de animais (processo de desova da safra) aparentemente diminuiu, resultando num mercado mais equilibrado”

Continue depois da publicidade

A pressão de baixa sobre os valores do boi gordo perdeu força nos dois primeiros dias desta semana, dando lugar a um processo de estabilização nos preços da arroba, relata nesta terça-feira (18/6) a Agrifatto.

No momento, os negócios envolvendo animais terminados seguem lentos nas principais praças pecuárias, acrescenta a consultoria.

Segundo os analistas, o mercado segue “menos ofertado”, enquanto os frigoríficos resolveram trabalhar com mais cautela nos balcões de negociação.

Analistas da Scot Consultoria relembram que, no começo de junho/24, os pecuaristas brasileiros elevaram fortemente a oferta de animais prontos para abate, um reflexo do avanço da seca e, consequentemente, da perda de qualidade das pastagens.

No entanto, diz a Scot, esse “descarte forçado aparentemente diminuiu”. Dessa forma, continua a consultoria, o mercado do boi está mais “equilibrado”, resultando em estabilidade na arroba.

Pelos dados apurados pela Scot, no mercado de São Paulo, o boi gordo “comum” segue apregoado em R$ 217/@, enquanto a vaca e a novilha gordas são negociadas por R$ 195/@ e R$ 210/@ (valores brutos, a prazo). A arroba do “boi-China” (base SP) está cotada em R$ 220, com ágio de R$ 3/@ sobre o animal “comum”, acrescenta a Scot.

SAIBA MAIS | Queda do ágio do “boi-China”: como lidar com mais esse aperto na margem de lucro; OUÇA

Pelos números apurados pela Agrifatto, nesta terça-feira (18/6), a cotação da arroba em São Paulo (preço médio entre o valor do animal “comum” e do “boi-China” permaneceu em R$ 220.

Duas das 17 praças acompanhadas pela consultoria registraram valorização na arroba: Mato Grosso e Rio Grande do Sul. “As outras 15 mantiveram as suas cotações estáveis”, relata a Agrifatto.

Segundo ressalta a consultoria, a posição mais cautelosa dos frigoríficos resultou em redução nas escalas de abate, que recuou  de 15 para 11 dias de abate, na média nacional.

No primeiro dia da semana, diz a Agrifatto, praças importantes, como as do Pará e de Tocantins, não registraram “consultas ou negócios, permanecendo tudo parado”.

No mercado futuro, todos os contratos passaram por desvalorização na segunda-feira (17/6). O contrato com vencimento para setembro/24 fechou o dia precificado em R$ 236,75/@, com recuo de 0,34% no comparativo diário, informa a Agrifatto.

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto na terça-feira (18/6):

São Paulo — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$195,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abates de doze dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$210,00. Média de R$205,00. Vaca a R$180,00. Novilha a R$190,00. Escalas de abate de catorze dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00. Média de R$215,00. Vaca a R$190,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$205,00. Média de R$205,00. Vaca a R$185,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de dez dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$200,00. Média de R$200,00. Vaca a R$175,00. Novilha a R$180,00. Escalas de abate de nove dias;

Pará — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$200,00. Média de R$200,00. Vaca a R$175,00. Novilha a R$180,00. Escalas de abate de onze dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$210,00. Média de R$205,00. Vaca a R$185,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de onze dias

Rondônia — O boi vale R$185,00 a arroba. Vaca a R$170,00. Novilha a R$175,00. Escalas de abate de treze dias;

Maranhão — O boi vale R$195,00 por arroba. Vaca a R$175,00. Novilha a R$175,00. Escalas de abate de doze dias;

Paraná — O boi vale R$215,00 por arroba. Vaca a R$190,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias.

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Cadastre-se de gratuitamente na Newsletter DBO:


    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    clima tempo

    São Paulo - SP

    max

    Máx.

    --

    min

    Min.

    --

    017-rain

    --

    Chuva

    008-windy

    --

    Vento

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Colunas e Artigos

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Leilões em destaque

    Continue depois da publicidade

    Newsletter

    Newsletter

    Jornal de Leilões

    Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

    Continue depois da publicidade

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Continue depois da publicidade

    Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

    Encontre o que você procura:

    Pular para o conteúdo