Preços do boi gordo seguem firmes, elevando a confiança dos pecuaristas

Pela terceira semana consecutiva, as escalas de abates das indústrias brasileiras sofreram redução, o que pode estimular ainda mais a procura pela matéria-prima (boiadas gordas)

Continue depois da publicidade

O mercado físico do boi gordo apresentou sustentação ao longo da última semana, refletindo sobretudo a redução na oferta de boiadas gordas, relatam os analistas.

Em São Paulo, o Indicador Cepea do boi gordo encerrou a sexta-feira (21/6) valendo, em média, R$ 222,59/@, um avanço de 1,84% sobre a cotação média da sexta-feira anterior.

O indicador Agrifatto, baseado na apuração dos preços da arroba em 17 praças brasileiras, registrou alta semanal de 0,47%, emplacado a segunda semana consecutiva de valorização.

Pela terceira semana consecutiva, as escalas de abates das indústrias brasileiras sofreram redução – as programações giram hoje em 11 dias úteis, na média nacional, segundo apuração da Agrifatto.

“Trata-se de um patamar considerado ainda confortável, mas que já não está apresentando mais crescimento, o que já é uma boa notícia para que os preços (do boi gordo) tenham fôlego para reagir”, afirma os analistas da Agrifatto.

Na avaliação da consultoria, as indústrias seguem cedendo na “queda de braço” dos preços da arroba, oferecendo patamares melhores para recompor as escalas.

“Desta forma, as cotações do boi gordo vão recuperando-se do terreno negativo”, ressalta a Agrifatto.

Com a sustentação no patamar de R$ 220/@ no Cepea (referência do mercado físico), todos os contratos futuros responderam positivamente na última semana. “O sentimento de alta do mercado voltou a ser perceptível pelos agentes do mercado”, afirma a Agrifatto.

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto na última sexta-feira (21/6):

São Paulo — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$195,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abates de doze dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$210,00. Média de R$205,00. Vaca a R$180,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de catorze dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00. Média de R$215,00. Vaca a R$190,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$210,00. Média de R$207,50. Vaca a R$185,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de dez dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$200,00. Média de R$200,00. Vaca a R$175,00. Novilha a R$180,00. Escalas de abate de nove dias;

Pará — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$200,00. Média de R$200,00. Vaca a R$175,00. Novilha a R$180,00. Escalas de abate de onze dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$210,00. Média de R$205,00. Vaca a R$185,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de dez dias;

Rondônia — O boi vale R$185,00 a arroba. Vaca a R$170,00. Novilha a R$175,00. Escalas de abate de treze dias;

Maranhão — O boi vale R$195,00 por arroba. Vaca a R$175,00. Novilha a R$175,00. Escalas de abate de doze dias;

Paraná — O boi vale R$220,00 por arroba. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Cadastre-se de gratuitamente na Newsletter DBO:


    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    clima tempo

    São Paulo - SP

    max

    Máx.

    --

    min

    Min.

    --

    017-rain

    --

    Chuva

    008-windy

    --

    Vento

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Colunas e Artigos

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Leilões em destaque

    Continue depois da publicidade

    Newsletter

    Newsletter

    Jornal de Leilões

    Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

    Continue depois da publicidade

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Continue depois da publicidade

    Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

    Encontre o que você procura:

    Pular para o conteúdo