Sindirações comemora 70 anos com nova identidade visual

Criado nos anos 50, o Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal se desenvolveu ao longo das décadas sempre atualizado à evolução do agronegócio brasileiro

Continue depois da publicidade

Ao completar 70 anos, o Sindirações representa uma cadeia produtiva completa. Nele, estão reunidos grandes integradoras, cooperativas e empresas que produzem e comercializam premix, núcleos, vitaminas, aminoácidos, aditivos, micro e macro minerais, enzimas, probióticos e diversos outros ingredientes essenciais para a nutrição e a saúde dos animais.

“Mais do que um representante da indústria de ração, o Sindirações representa com destaque todas as indústrias de insumos destinados à alimentação animal. E, sem dúvida, uma entidade que atua como agente transformador, com um diálogo aberto e construtivo com diversas entidades e autoridades, inclusive no que diz respeito ao incentivo de pesquisas, de inovação, do controle e do desenvolvimento tecnológico da indústria de insumos”, ressalta Ricardo Ribeiral, presidente do conselho de administração do Sindirações.


Ariovaldo Zani, CEO do Sindirações (Foto: Divulgação)

“Apresentamos uma nova marca, que representa toda a nossa história e que aponte para o futuro. Ela remete ao losango que representa a bandeira nacional e contém elementos que representam os locais onde nossa indústria os alimentam, e para finalizar, os caminhos que reforçam os 70 anos percorridos e as novas rotas que serão alcançadas. Uma nova marca para um novo tempo”, explica Ariovaldo Zani, CEO do Sindirações.

O Sindirações comemora 70 anos fazendo o reposicionamento da marca e sua identidade visual (Imagem: Divulgação)

O reposicionamento sinaliza para a solidez da atuação estratégica e toda representatividade como o principal interlocutor do setor de alimentação animal juntos aos principais órgãos e entidades nacionais e internacionais que movimentam o setor de alimentação animal no Brasil e nos principais mercados globais. São sete décadas fazendo as melhores associações, além de contribuir com o crescimento do agronegócio brasileiro.

Desempenho do setor de alimentação animal – A indústria de alimentação animal tem papel importante no agronegócio brasileiro. A produção por trimestre ultrapassa 20 milhões de toneladas, resultando em aproximadamente 85 milhões de toneladas por ano.

A projeção de crescimento deve atingir 25% até 2033, superando a marca dos 100 milhões de toneladas ainda em 2030. Trata-se de um desenvolvimento impressionante, que se baseia na procura nacional e global de proteína animal brasileira.

Nesse cenário, o Sindirações atua como o principal interlocutor da indústria junto aos principais organismos nacionais e internacionais. Entre as atividades, figuram importantes iniciativas, como o constante diálogo com o governo em questões tributárias, legislativas e de políticas públicas que impactam na segurança alimentar e na competitividade do setor.

“No Sindirações nossa rotina é ininterrupta, principalmente diante de temas ou períodos mais complexos. A superação dos desafios deste e dos próximos anos dependerá, mais uma vez, do vigor resultante da contribuição individual de cada associado e da soma de forças de todos. Tudo em prol de mais confiança e competitividade no segmento de alimentação animal”, destaca Ariovaldo Zani.

Desde 2010, a produção nacional de ração animal tem aumentado devido ao desenvolvimento interno, ao investimento em tecnologia, à manutenção sustentável do campo e às áreas de preservação.

Também tem sido uma resposta ao crescente interesse estrangeiro na pecuária brasileira e na proteína de todas as espécies: aves, suínos, carne bovina, pescado, ovos e laticínios.

O Sindirações também tem ativa participação nas diversas câmaras setoriais e temáticas do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), no Instituto Pensar Agropecuária (IPA), no Fórum Paulista do Agronegócio, nas Federações das Indústrias (Fiesp, Firjan, FIEP, Fiesc e Fiergs) e na Confederação Nacional da Indústria (CNI), Mantém, ainda, um estreito relacionamento com a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), entre tantas outras entidades.

O sindicato tem atuado também ao longo das últimas décadas na promoção da justa e qualificada informação sobre as diferentes frentes de desenvolvimento sobre a cadeia produtiva de alimentação animal.

Nesse sentido, criou o Manual de Boas Práticas de Fabricação, o Compêndio Brasileiro de Alimentação Animal e a Análise do Ciclo de Vida (ACV) do milho e da soja. Isso sem falar nos treinamentos que visam qualificar ainda mais o setor e contribuir para a evolução do agronegócio brasileiro tanto no mercado interno quanto externo.

Fonte: Ascom Sindirações

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo