RS: Caravana ILPF finaliza atividades em Passo Fundo

A Caravana ILPF é um projeto permanente da Rede ILPF, em parceria entre Embrapa, Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), com apoio da Emater/RS-Ascar

Continue depois da publicidade

Após uma semana inteira de atividades, a Caravana da Rede Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) finalizou em Passo Fundo, na sexta-feira (19/04), com um Painel de Debates. O tema que encerrou a sétima edição do evento foi “Produção de forragens e culturas de inverno para gado leiteiro”.

No auditório da Faculdade de Medicina Veterinária, o Painel de Debates contou com a presença do pesquisador da CCGL, Pedro Albuquerque, do pesquisador da Embrapa Trigo, Renato Fontanelli, do zootecnista e extensionista da Emater/RS-Ascar, Jaime Eduardo Ries, da pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fernanda Moojen, e do produtor rural João Kurtz Amantino. A moderação ficou por conta da coordenadora de projetos da Rede ILPF, Andreza Cruz.


Representando a Assistência Técnica e Extensão Rural e Social gaúcha, Jaime Ries salientou alguns aspectos importantes da ILPF, que podem auxiliar na redução dos custos de produção, que está ao acesso do produtor.

SAIBA MAIS | Quatro fatores para ponderar ao partir para ILPF; ouça

“Uma delas é aproveitar os componentes florestais nesses sistemas para produzir sombra para o rebanho leiteiro, aumentando o conforto térmico dos animais, o que garante maior consumo de alimento pelas vacas, maior produção e melhor qualidade do leite. Outro aspecto é aproveitar os cereais de inverno para produzir parte do alimento conservado, que hoje é baseado quase que exclusivamente no milho. E a terceira questão é antecipar a safra de produção de leite no RS. A gente sabe que os melhores preços são nos meses de julho, junho e maio. Então, se a gente conseguir fazer o pico de produção em junho ou aumentar a produção nos meses de maio e junho, vamos fazer com que o preço médio recebido pelo produtor de leite do Rio Grande do Sul seja maior, e isso a gente pode fazer com algumas cultivares de cereais de inverno, que permitem antecipar o plantio”, explicou Jaime.

O pesquisador da Embrapa Trigo Renato Fontanelli destacou que essa foi a primeira vez da Caravana no Rio Grande do Sul.

“Ela visa popularizar estratégias e identificar fragilidades para aumentar a adoção dos sistemas integrados. Somos proporcionalmente o estado que tem mais áreas com integração lavoura-pecuária-floresta, a modalidade mais comum é lavoura-pecuária”, explicou.

De acordo com Fontanelli, no Rio Grande do Sul mais de 20% do total de áreas exploradas são áreas integradas e a meta é chegar em 2030 com mais de 30 milhões de hectares em sistemas integrados.

Ele reforçou a necessidade de treinamentos e a difusão do conhecimento, por isso a importância desse trabalho da Rede ILPF.

Para o produtor João Kurtz Amantino, a Caravana é fundamental para a divulgação. “Fomos um dos primeiros a fazer plantio direto em campo nativo e integração lavoura-pecuária. O produtor hoje está meio isolado e é importante que o conhecimento chegue até ele, e se for de produtor para produtor ainda melhor”, avaliou.

Ele conta que em sua propriedade há a integração lavoura-pecuária-floresta, com mais um participante que são os búfalos. “Hoje, na minha propriedade, quase passa de integração para manejo holístico”, disse.

E-BOOK | DE OLHO NA SANIDADE DO REBANHO BRASILEIRO

A Caravana ILPF iniciou na segunda-feira (15/04), em Eldorado do Sul, com visita à Estação Experimental Agronômica da Ufrgs, quando foi tratado o tema Adubação de Sistemas. No mesmo dia, foi realizada a abertura oficial no Auditório da Emater/RS-Ascar em Porto Alegre, com a presença da presidente e do diretor técnico da Instituição, Mara Helena Saalfeld e Claudinei Baldissera, e do diretor executivo da Rede ILPF, Francisco Matturro, bem como de extensionistas.

Na terça-feira (16/04) a atividade ocorreu em Bagé, na Embrapa Pecuária Sul, quando foram discutidos os Sistemas ILPF na Região da Campanha, apresentando, em uma das estações do Dia de Campo, a Experiência da Emater/RS-Ascar em Sistemas Integrados, pelos extensionistas Rodolfo Perske e Gilmar Deponti.

Na quarta-feira (17/04), em Rosário do Sul, a Caravana realizou Visita Técnica à Fazenda Santa Teresinha, na parte da manhã, e na sequência ocorreu a Tarde de Palestras, na Fundação Bradesco, de Rosário do Sul, a partir da temática Atualidades dos Sistemas ILPF na Metade Sul do RS.

Quinta-feira, foi a vez do município de Ijuí receber o evento. Experiências da Emater/RS-Ascar na região Fronteira Noroeste e Missões do RS foi uma das palestras da Tarde de Palestras da Caravana, que foi sediada no Centro de Eventos da Unijuí.

Fonte: Ascom Emater/RS-Ascar

CONHEÇA E-DBO | A nova linha de e-books da DBO

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo