Quatro fatores para ponderar ao partir para ILPF; ouça

Trata-se de um grande passo para o pecuarista e um caminho sem volta para inserir sua atividade no universo da produção sustentável e, acima de tudo, rentável

Continue depois da publicidade

A Integração Lavoura Pecuária (ILP) e a com Floresta (ILPF) têm se mostrado estratégias cada vez mais difundidas entre agricultores que querem diversificar os produtos da fazenda, realizando o “boi safrinha”, e pecuaristas que precisam produzir cada vez mais, por meio da reforma de pastagens.


Contudo, a integração requer ações que demandam conhecimento técnico que variam caso a caso, quando se trata de uma propriedade de pecuária.

Tudo precisa ser muito bem planejado para que o tiro não saia pela culatra. É o que atenta Gladys Beatriz Martinez, pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental (Belém, PA).

Desde 2010, a cientista desenvolve atividades em diversos projetos de ILPF com pesquisa e transferência de tecnologia.

Mais recentemente, partiu também para Bem-Estar Animal em sistemas integrados de produção agropecuária. Segundo ela, “mesmo com as dificuldades, vale muito integrar”.

Foto: Arquivo pessoal

OUÇA  os comentários de Gladys Beatriz Martinez

Atenção para as questões internas – Cercado por profissionais que detenham todo o conhecimento necessário, o produtor precisa olhar para alguns fatores dentro da fazenda, antes de fechar um planejamento de toda a implantação. Assim grandes surpresas ficarão de fora da jornada.

1. Conhecendo o solo disponível – É bem possível que haja várias manchas de solos diferentes na fazenda. Deve-se realizar análises de cada uma delas, de modo a desenhar um cenário das reais características físicas, químicas e orgânicas.

Elas vão revelar a fertilidade e os níveis de degradação, definindo as ações de descompactação e adubação, por exemplo. Essa é a hora, também, de investir na formação de curvas de nível em áreas de declive ou acúmulo de água. O procedimento vai impedir que chuvas torrenciais levem todo o trabalho realizado, por meio de erosão.

E-BOOK | DE OLHO NA SANIDADE DO REBANHO BRASILEIRO

2. A escolha dos grãos – As considerações são as mesmas de qualquer agricultor. Quais as culturas mais adequadas para o ambiente, solos da fazenda, disponibilidade de água, tempo de cultivo, infraestrutura maquinária e destino da produção?

Milho e sorgo, entre outros, podem servir para oferecer silagem aos animais ou mesmo apoiar um confinamento. Antes do retorno das pastagens, pode ser preciso algumas safras até que o solo volte a ser plenamente produtivo.

3. O gado que se cria – Se os animais são leiteiros, a exigência por sombra é bem maior, o que pede certa disposição de árvores (lado floresta da integração). Se forem animais de corte, mesmo que zebuínos – hoje se sabe que maior conforto térmico incrementa os índices reprodutivos do rebanho, assim como seu desenvolvimento e velocidade de ganho de peso.

4. As árvores que se quer – De acordo com os objetivos, as árvores poderão estar dispostas em linhas, nas cercas dividindo piquetes, nas áreas de cocho e bebedouro, ou ainda em locais mais remotos. Na definição da melhor espécie de árvore a ser cultivada, o produtor deve escolher pela destinação (comércio de madeira, cercamento etc). Certo é que as plantas devem crescer rapidamente para o sistema funcionar, com maior ou menor copa, segundo o interesse do projeto.

OUÇA MAIS 

O que as centrais de inseminação artificial procuram?

Estudo técnico visa melhorar índices de reprodução de bovinos; ouça

Dia Mundial da Água: uma pecuária que faz a lição de casa

Quatro pontos de atenção na transição para a seca

Seis ações para minimizar falta de chuva fora de época

Mais UA/ha com a cultura do capim

Forrageiras para intensificar a pecuária e segurar a seca

Melhore o caixa da fazenda investindo em boas fêmeas

Melhoramento animal é decisivo na lucratividade

Na recria é que se ganha dinheiro com pecuária

Para ganhar mais com boi em 2024 (Parte III)

Uma luz vermelha na produção de leite bovino

Para o mercado de leilões, dias melhores virão

CONHEÇA E-DBO | A nova linha de e-books da DBO

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo