IGC reduz projeção de safra global de grãos em 2023/24, para 2,297 bilhões de t

Contudo, segundo levantamento do IGC publicado nesta quinta-feira, 23, o volume projetado fica acima do estimado para 2022/23, de 2,266 bilhões de toneladas

Continue depois da publicidade

O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) reduziu sua previsão para a produção global de grãos em 2023/24, de 2,301 bilhões de toneladas no mês passado para 2,297 bilhões de toneladas agora em maio, com a perspectiva de menor oferta de sorgo e cevada.

Contudo, segundo levantamento do IGC publicado nesta quinta-feira, 23, o volume projetado fica acima do estimado para 2022/23, de 2,266 bilhões de toneladas. Para 2024/25, a projeção da safra mundial foi reduzida em 10 milhões de t, para 2,312 bilhões de toneladas, considerando cortes para o milho na Argentina e na África Subsaariana, e safras menores de trigo na Rússia, Ucrânia e Estados Unidos.


O IGC elevou ligeiramente a estimativa de consumo mundial de grãos, para 2,311 bilhões de t em 2023/24, e reduziu de estoques para 588 milhões de t.

Enquanto isso, as projeções de 2022/23 para consumo foram mantidas em 2,274 bilhões de t e as estimativas de estoque subiram para 602 milhões de t. Em 2024/25, a expectativa para o consumo foi reduzida para 2,320 bilhões de t, com estoques menores, a 580 milhões de t.

A projeção de produção da soja em 2023/24 subiu 1 milhão de toneladas, para 391 milhões de toneladas, enquanto a estimativa de consumo global foi levemente reduzida para 381 milhões de t, segundo o IGC.

Já os estoques subiram 1 milhão, para 68 milhões de toneladas. Para o ciclo 2022/23, a produção estimada se manteve em 375 milhões de toneladas, com consumo e estoques estimados em 369 milhões de t e 58 milhões de t, respectivamente.

Para 2024/25, a projeção indicou produção mundial de 414 milhões de toneladas, com consumo de 404 milhões de t e estoques de 78 milhões de t. Segundo o IGC, a produção da oleaginosa em 2024/25 deve alcançar um recorde com resultados expressivos nos EUA, Brasil e Argentina, “enquanto um aumento na demanda por produtos de soja deve sustentar um processamento e uso total recordes”.

Quanto ao milho, o Conselho reduziu a estimativa de produção de 2023/24 em 2 milhões de toneladas, para 1,225 bilhão de t. O volume é maior que o projetado para 2022/23 e 2024/25, de 1,163 bilhão de toneladas e 1,220 bilhão de t, respectivamente.

A previsão para consumo subiu em 1,219 bilhão de t para a temporada atual, enquanto para 2022/23 ficou em 1,182 bilhão de t e em 1,225 bilhão de t para 2024/25. Os estoques foram estimados em 286 milhões de t, contra 279 milhões de t em 2022/23 e 281 milhões de t em 2024/25.

VEJA TAMBÉM | Milho: atenções seguem voltadas ao campo; retração vendedora sustenta preços

Em relação ao trigo em 2023/24, o IGC elevou em 1 milhão de toneladas a projeção de produção, a 790 milhões de t. O volume é menor do que as 804 milhões de toneladas previstas para 2022/23, e abaixo das 795 milhões de toneladas estimadas para 2024/25. A estimativa de consumo do cereal em 2023/24 foi mantida em 806 milhões de t.

Para 2022/23, a projeção de consumo se manteve em 794 milhões de t, enquanto a estimativa para 2024/25 teve leve baixa para 801 milhões de t. Já a perspectiva para os estoques do cereal em 2023/24 foi diminuída para 266 milhões de t, enquanto para 2022/23 ficou em 281 milhões de toneladas. Em 2024/25, os estoques devem ser de 260 milhões de t.

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo