Boi gordo: preços enfraquecidos não impedem desova de animais das fazendas

A qualidade das pastagens piorou com a intensificação dos efeitos do outono, aumentando a oferta de bovinos terminados, relatam os analistas da Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

A qualidade das pastagens piorou com a intensificação dos efeitos do outono, aumentando a desova de bovinos terminados, mesmo diante da queda nos preços da arroba, relatam os analistas da Scot Consultoria.

Além disso, continua a Scot, o escoamento de carne bovina para o consumidor final está lento e os estoques são suficientes para atender a demanda existente, resultando em cotações pressionadas para a arroba do boi gordo.


Segundo a Scot, no Estado de São Paulo, as escalas de abate estão confortáveis para as indústrias, com média de 11 dias, permitindo negociações mais moderadas.

Com isso, apurou a Scot, o boi gordo paulista está apregoado em R$ 222/@, enquanto a vaca e a novilha gordas são negociadas por R$ 202/@ e R$ 212/@, respectivamente (valores brutos, no prazo). O “boi-China” está valendo R$ 227/@ (base SP), con ágio de R$ 5/@ sobre o animal “comum”.

Na avaliação da Agrifatto, o mercado brasileiro do boi gordo continua enfrentando desafios impostos pelo clima frio e seco nesta transição da safra para a entressafra.

Mercado Pecuário | O que esperar para o mercado do boi gordo no curto e médio prazos?

“Os pecuaristas lidam atualmente com a diminuição da capacidade de retenção do gado nas pastagens desgastadas, resultando em um excesso de oferta de animais terminados e no aumento da pressão negativa sobre os preços da arroba”, ressaltam os analistas da Agrifatto.

Os frigoríficos, por sua vez, buscam adquirir apenas o necessário para manter as escalas de abate confortáveis, variando entre 14 e 15 abates na média nacional.

“É importante notar que muitas indústrias já têm suas programações preenchidas para junho e evitam novas negociações para controlar as escalas e os preços da arroba”, observa a Agrifatto.

Nesta quarta-feira, pelos dados levantados pela Agrifatto, o preço da arroba do boi gordo em São Paulo ficou estável, em R$ 220.

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto na quarta-feira (29/5):

São Paulo — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$200,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abates de quinze dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$195,00 a arroba. O “boi China”, R$205,00. Média de R$200,00. Vaca a R$180,00. Novilha a R$190,00. Escalas de abate de quinze dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$210,00 a arroba. O “boi China”, R$220,00. Média de R$215,00. Vaca a R$190,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de treze dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$200,00 a arroba. O “boi China”, R$210,00. Média de R$205,00. Vaca a R$185,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de treze dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$195,00 a arroba. O “boi China”, R$205,00. Média de R$200,00. Vaca a R$175,00. Novilha a R$180,00. Escalas de abate de dezesseis dias;

Pará — O “boi comum” vale R$195,00 a arroba. O “boi China”, R$205,00. Média de R$200,00. Vaca a R$175,00. Novilha a R$180,00. Escalas de abate de dezesseis dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$195,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$205,00. Média de R$200,00. Vaca a R$180,00. Novilha a R$190,00. Escalas de abate de quinze dias;

Rondônia — O boi vale R$185,00 a arroba. Vaca a R$170,00. Novilha a R$175,00. Escalas de abate de quinze dias;

Maranhão — O boi vale R$200,00 por arroba. Vaca a R$175,00. Novilha a R$175,00. Escalas de abate de doze dias;

Paraná — O boi vale R$215,00 por arroba. Vaca a R$190,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de doze dias.

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo