Boi gordo: Agrifatto detecta alta nos preços da arroba em 5 das 17 praças brasileiras

Na visão dos analistas da consultoria, “o ciclo de maior oferta de boiadas gordas e a queda desenfreada de preços para os produtores podem estar chegando ao fim”

Continue depois da publicidade

Nesta quarta-feira (22/11), o preço médio do boi gordo nas praças paulistas saiu de uma inércia de mais de 40 dias e atingiu R$ 240/@, informa a Agrifatto, que acompanha diariamente o movimento do setor pecuário em 17 regiões brasileiras (veja os detalhes das cotações atuais de todas as categorias de abate ao final deste texto).

“Cinco das dezessete praças acompanhadas passaram por valorização (na arroba)”, ressalta a Agrifatto, citando as seguintes regiões além de São Paulo: Goiás, Pará, Rondônia e Tocantins.


Porém, os aumentos de preços desta quarta-feira apurados pela Agrifatto não foram expressivos, mas reforçam a tendência altista da arroba. As demais 12 regiões mantiveram cotações laterais, acrescenta a consultoria.

Na visão dos analistas da Agrifatto, “o ciclo de maior oferta (de animais gordos) para as indústrias e a queda desenfreada de preços para os produtores podem estar chegando ao fim”.

Na contramão do mercado físico, na B3, todos os contratos futuros registraram desvalorização na terça-feira (22/11).

O contrato com vencimento para novembro de 2023 ficou precificado em R$ 239/@, com leve recuo de 0,15% no comparativo diário.

Na avaliação da S&P Global Commodity Insights, neste momento, há um grande embate entre frigoríficos e pecuaristas brasileiros.

“As indústrias resistem em efetivar negociações em patamares de preços superiores, enquanto os pecuaristas se ausentam das vendas diante das condições de preços atuais”, ressalta a S&P Global.

Mercado Pecuário | Alta do boi gordo ganhará força Brasil afora neste final de novembro?

No entanto, dizem os analistas da consultoria, as escalas de abate dos frigoríficos permanecem sem registrar avanços significativos em um período de operações destinadas a cobrir a demanda sazonal de final de ano.

Dessa maneira, continua a S&P Global, as expectativas são positivas para o início de dezembro, mês marcado pelas comemorações de fim de ano, quando crescem significativamente as vendas internas de cortes bovinos para churrasco, de longe a proteína preferida dos brasileiros.

“Um avanço expressivo na demanda sazonal deve fomentar altas pontuais (nos preços do boi gordo) ao longo da próxima semana, tendo em vista a formação de estoques para cobrir a maior procura (pela proteína bovina)”, reforça a S&P Global.

 

Cotações máximas de machos e fêmeas nesta quarta-feira, 22/11 (Fonte: S&P Global)

SP-Noroeste:

boi a R$ 236/@ (prazo)
vaca a R$ 217/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 222/@ (à vista)
vaca a R$ 209/@ (à vista)

MT-Cáceres:

boi a R$ 212/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 210/@ (à vista)
vaca a R$ 190/@ (à vista)

GO-Sul:

boi a R$ 227/@ (prazo)
vaca a R$ 212/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 225/@ (à vista)
vaca a R$ 205/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 231/@ (prazo)
vaca a R$ 207/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 209/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 217/@ (prazo)
vaca a R$ 202/@ (prazo)

RO-Cacoal:

boi a R$ 212/@ (à vista)
vaca a R$ 195/@ (à vista)

 

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto em 22/11

São Paulo — O “boi comum” vale R$235,00 a arroba. O “boi China”, R$245,00. Média de R$240,00. Vaca a R$215,00. Novilha a R$225,00. Escalas de abates de oito dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$220,00 a arroba. O “boi China”, R$230,00. Média de R$225,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abate de dez dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$225,00 a arroba. O “boi China”, R$235,00. Média de R$230,00. Vaca a R$210,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de oito dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00. Média de R$210,00. Vaca a R$190,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de oito dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$220,00 a arroba. O “boi China”, R$230,00. Média de R$225,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$205,00. Escalas de abate de quatro dias;

Pará — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$200,00. Novilha a R$205,00. Escalas de abate de nove dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$225,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$235,00. Média de R$230,00. Vaca a R$210,00. Novilha a R$220,00. Escalas de abate de oito dias;

Rondônia — O boi vale R$215,00 a arroba. Vaca a R$200,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de dez dias;

Maranhão — O boi vale R$215,00 por arroba. Vaca a R$200,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias;

Paraná — O boi vale R$230,00 por arroba. Vaca a R$210,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de oito dias.

 

 

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente.

Gostou? Compartilhe:
Mais conteúdo

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Raças

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Revista DBO

Destaques

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Cooperativas ‘abrem alas’ para o boi

Gigantes da agricultura e da produção leiteira começam a ver o gado de corte como importante parceiro de suas atividades-mãe e lançam programas específicos para pecuaristas.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Vídeo

Os destaques no vídeo da Edição:

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Programas

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: