OUÇA 🎧 | Pecuária de corte: principais erros cometidos na seca começaram nas águas

Temporada após temporadas, desde os antepassados, a estação seca vem com mais ou menos força, com mais ou menos prejuízos, mas muitos pecuaristas ainda são pegos “com calças curtas”

Continue depois da publicidade

As pastagens são o “grande calcanhar de Aquiles” no período de estiagem (Foto: Arquivo DBO)

Para especialistas, o período seco que ocorre em boa parte do Brasil, entre abril e outubro, é a fase crítica da produção de carne bovina no País.

Com a quase ausência de chuvas, cai drasticamente a oferta de capim, não só em quantidade, quanto, principalmente, em qualidade. Então, providências precisam ser tomadas.


E eles são unânimes ao dizer que “os prejuízos decorrentes da estiagem seriam totalmente evitáveis se as propriedades tivessem elaborado um planejamento mínimo”, de modo a prever ações, basicamente no manejo e nutrição dos rebanhos, garantindo manutenção, desenvolvimento e engorda ao longo do processo.

Foto: Arquivo pessoal

Anderson Fernandes (foto), médico veterinário diretor da Breed Assessoria, empresa que dá assistência em várias propriedades nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do País é um desses técnicos que defendem o planejamento estratégico para fugir do “boi sanfona”, aquele que engorda nas águas e perde peso na seca. Ele destaca três pontos básicos para o pecuarista não errar.

OUÇA 🎧 o comentário de Anderson Fernandes

Alexandre Campos Gonçalves, engenheiro agrônomo diretor da Alecrim Consultoria, também defende o planejamento e é outro especialista que aprofunda essa discussão sobre “erros na nutrição animal”.

OUÇA 🎧 os comentários de Alexandre Campos Gonçalves

De posse desse planejamento, o criador sabe onde tem de se calçar para garantir o bom andamento produtivo dos seus animais, em cada categoria e objetivo da produção.

Ele pode, por exemplo, antecipar as compras de insumos que inevitavelmente terá de utilizar. Tudo isso exige um dimensionamento prévio.

As pastagens são o “grande calcanhar de Aquiles” no período de estiagem, ainda mais se nada foi feito dentro de uma boa gestão.

Foto: Arquivo pessoal

“O pasto é muito plástico, mesmo o cultivado, e está sujeito as alterações do ambiente quanto à luminosidade, temperatura e oferta de água. Há tempo e tempo na sua exploração. O capim não pode ser sobre nem subaproveitado”, explica.

Suplementação estratégica – A complementação da dieta dos animais por meio do fornecimento de outros ingredientes que não o pasto, ao contrário do que muitos pensam não deve ser aplicada somente na seca. Dependendo do número de animais e da capacidade produtiva das pastagens disponíveis, uma boa gestão pode sugerir suplementação.

É o que se chama suplementação nas águas para poupar a forragem e preservar certa capacidade de sua oferta para a seca. Em alguns momentos, por motivos diversos, a população de bovinos na fazenda pode exceder.

Nesse período, para evitar o superpastejo, o pecuarista deve buscar outros volumosos no mercado, exatamente quando estão mais em conta, e oferecer ao gado, assim como alguma proteína se necessário.

Pode ser por meio de feno e silagens. Gonçalves reforça que eles saem mais barato do que “degradar o pasto”. É uma oportunidade a mais para dar boa evolução aos animais, em cada categoria, inclusive com mineralização, até proteica, principalmente visando garantir as etapas salientadas por Fernandes. Necessário sempre ter cochos suficientes à disposição.

No período seco, caso o pecuarista tenha feito uma boa gestão das áreas de forragem, os modelos de suplementação são vários e bem difundidos.

Se o pecuarista se planejou, os insumos necessários já estão na mão. Vão de suplementos minerais de baixo consumo aos proteicos energéticos, silagens e, em último recurso, o confinamento.

OUÇA MAIS 🎧

Se vai terminar, fique atento às fontes de proteína na sua região

Confinando no menor intervalo de tempo possível

Sete passos para a promoção do melhoramento animal

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Cadastre-se de gratuitamente na Newsletter DBO:


    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    clima tempo

    São Paulo - SP

    max

    Máx.

    --

    min

    Min.

    --

    017-rain

    --

    Chuva

    008-windy

    --

    Vento

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Colunas e Artigos

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Leilões em destaque

    Continue depois da publicidade

    Newsletter

    Newsletter

    Jornal de Leilões

    Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

    Continue depois da publicidade

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Continue depois da publicidade

    Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

    Encontre o que você procura:

    Pular para o conteúdo