Boi gordo: vem aí uma tendência de alta para arroba, acreditam analistas da Agrifatto

“Em um contexto diferente das últimas duas semanas, o preço começou a dar sinais de reversão para cima no mercado físico paulista”, relata a consultoria

Continue depois da publicidade

Diante do recebimento da primeira parcela do 13º salário para a maioria dos trabalhadores do setor privado, em conjunto com a leve redução das escalas de abate dos frigoríficos brasileiros na última semana, a consultoria Agrifatto (São Paulo, SP) acredita no início de “uma pressão altista mais fundamentada” para os preços do boi gordo ao longo desta semana.

Além disso, relembram os analistas, a ideia de um movimento mais firme da arroba é ancorada pela aproximação da época de maior consumo de proteína animal –  dezembro –, marcada pelas festividades entre os colegas de trabalho e familiares.


“Em um contexto diferente das últimas duas semanas, o preço do boi gordo começou a dar sinais de reversão para cima no mercado físico paulista”, reforça a Agrifatto.

O indicador de preço da consultoria fechou a semana passada cotado em R$ 234,16/@ (mercado de SP), com alta de 0,32% – maior valor desde a última semana de outubro/23.

Seguindo a tendência no mercado físico, a última semana foi marcada por valorização nas cotações futuras do boi gordo na B3, informa a Agrifatto.

Os contratos com vencimento mais distante, diz a consultoria, foram os que registraram a maior valorização, com destaque para o papel para maio/24, que fechou a sexta-feira (17/11) valendo R$ 245/@, com avanço de 2,49% em comparação à sexta-feira anterior.

Mercado Pecuário | Quais os possíveis impactos do clima no mercado do boi nesta reta final do ano?

Dados Scot – Pelo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, as cotações dos animais terminados ficaram estáveis nesta segunda-feira de feriado.

“O mercado está morno e a oferta tem sido suficiente para preencher as escalas de abate”, relata a Scot.

Com isso, o boi gordo paulista segue negociado em R$ 235/@, enquanto a vaca e a novilhas gordas estão valendo R$ 215/@ e R$ 225/@ (preços brutos e a prazo).

Por sua vez, diz a Scot, a arroba do “boi-China” está cotada em R$ 240 em SP, no prazo (valor b bruto), com ágio de R$ 5/@ sobre o valor do macho “comum”.

Atacado/varejo – Na última semana foi observado um recuo de 0,24% nos preços da carcaça casada do boi castrado, fechando com o valor médio de R$ 15,78/kg (base SP), informa a Agrifatto.

Nota-se que, entre os cortes, houve uma maior desvalorização do dianteiro bovino (R$12,72/kg), com queda semanal de 1,65%, acrescenta a consultoria.

Com a chegada da segunda quinzena (período marcado pelo menor poder aquisitivo da população, devido ao maior distanciamento do pagamento dos salários), o escoamento da proteína no mercado doméstico perdeu força.

SAIBA MAIS | Preços médios mensais do boi gordo estão abaixo dos de 2022, aponta Cepea

Porém, reforça a consultoria, tal situação tende a se reverter com o pagamento da primeira parcela do 13º salário, dando uma movimentação mais firme no consumo da carne vermelha nas próximas semanas.

Outras carnes – Diferentemente da carcaça bovina, o frango resfriado teve alta na última semana. O preço do animal fechou em R$ 6,48/kg (base SP), com acréscimo de 0,87% no comparativo semanal, destaca a Agrifatto.

A carcaça especial suína também registrou valorização na cotação da última semana, ficando em R$ 9,78/kg em São Paulo, com alta de 1,68% no comparativo semanal.

Cotações máximas de machos e fêmeas nesta sexta-feira, 17/11 (Fonte: S&P Global)

SP-Noroeste:

boi a R$ 233/@ (prazo)
vaca a R$ 217/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 222/@ (à vista)
vaca a R$ 209/@ (à vista)

MT-Cáceres:

boi a R$ 212/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 210/@ (à vista)
vaca a R$ 190/@ (à vista)

GO-Sul:

boi a R$ 227/@ (prazo)
vaca a R$ 212/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 225/@ (à vista)
vaca a R$ 202/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 231/@ (prazo)
vaca a R$ 207/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 209/@ (prazo)
vaca a R$ 189/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 214/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

RO-Cacoal:

boi a R$ 212/@ (à vista)
vaca a R$ 195/@ (à vista)

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto em 17/11

São Paulo — O “boi comum” vale R$230,00 a arroba. O “boi China”, R$240,00. Média de R$235,00. Vaca a R$215,00. Novilha a R$225,00. Escalas de abates de oito dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$200,00. Novilha a R$205,00. Escalas de abate de onze dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$220,00 a arroba. O “boi China”, R$230,00. Média de R$225,00. Vaca a R$210,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de oito dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00. Média de R$210,00. Vaca a R$190,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de oito dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$210,00 a arroba. O “boi China”, R$220,00. Média de R$215,00. Vaca a R$200,00. Novilha a R$205,00. Escalas de abate de oito dias;

Pará — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00. Média de R$210,00. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de dez dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abate de nove dias

Rondônia — O boi vale R$210,00 a arroba. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de nove dias;

Maranhão — O boi vale R$215,00 por arroba. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias;

Paraná — O boi vale R$225,00 por arroba. Vaca a R$210,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de oito dias.

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Cadastre-se de gratuitamente na Newsletter DBO:


    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    clima tempo

    São Paulo - SP

    max

    Máx.

    --

    min

    Min.

    --

    017-rain

    --

    Chuva

    008-windy

    --

    Vento

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Colunas e Artigos

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Leilões em destaque

    Continue depois da publicidade

    Newsletter

    Newsletter

    Jornal de Leilões

    Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

    Continue depois da publicidade

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Continue depois da publicidade

    Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

    Encontre o que você procura:

    Pular para o conteúdo