Boi gordo: semana encurtada pelo feriado nacional retira liquidez do mercado físico

Pelo lado da demanda, os frigoríficos brasileiros estão com escalas de abate que atendem minimamente aos seus compromissos de curtíssimo prazo, relata a S&P Global

Continue depois da publicidade

Nesta quarta-feira, véspera do feriado de 7 de setembro, o mercado brasileiro do boi gordo registrou inexpressiva movimentação de compra e venda de gado gordo, informa a S&P Global Commodity Insights.

Pelo lado de dentro das porteiras, diz a consultoria, verificou-se que o volume de boiada gorda disponível nas propriedades é enxuto, devido aos avanços nas negociações observadas nas últimas semanas.


Segundo os analistas, a apertada margem na venda de gado confinado (ou instalados em boiteis) prejudica um movimento mais consistente de alocação de animais terminados no cocho nestes últimos meses de 2023.

Pelo lado da demanda, os frigoríficos brasileiros estão com escalas de abate que atendem minimamente aos seus compromissos de curtíssimo prazo, se abstendo, assim, em quase sua totalidade das compras da matéria-prima no mercado spot, relata a S&P Global.

Mercado Pecuário | Reduzir a entrega de animais terminados pode ajudar a melhorar o preço da arroba; vídeo

Os estoques elevados nas câmaras frigoríficas também limitam novas inserções no mercado físico, pressionando as cotações do boi gordo para baixo, acrescenta a consultoria.

No Mato Grosso, responsável pelo maior rebanho bovino do País, os preços do boi gordo apresentaram novas quedas em algumas praças importantes, informa a S&P Global.

“Ainda há grande desarranjo no quadro de oferta e demanda de boiada gorda”, diz a consultoria, referindo-se ao mercado do Mato Grosso.

Em algumas praças brasileiras, segundo apuração da S&P Global, os preços da boiada “comum” (destinada ao mercado interno) e do chamado “boi-China (abatido mais jovem, com até 30 meses de idade) se encontram mais alinhados, resultando, em um alguns casos, na extinção momentânea de prêmios para a arroba de animais com padrão- exportação.

“Tal fator desestimula a produção vindoura, mesmo diante de um repique de alta nos preços futuros (negociados na B3), que apresentaram uma correção devido às fortes baixas acumuladas (e não a um incremento de demanda)”, afirmam os analistas da S&P Global.

Pelo levantamento da Scot Consultoria, nesta quarta-feira, os preços dos animais terminado negociados no Estado de São Paulo ficaram estáveis.

VEJA TAMBÉM | Abate de bovinos cresce 12,6% no 2º trimestre, aponta IBGE

O boi gordo paulista está sendo negociado em R$ 195/@, a vaca gorda em R$ 185/@ e a novilha gorda em R$ 192/@ (preços brutos e a prazo), segundo a Scot.

O “boi-China” está cotado em R$ 200/@ em São Paulo, valor bruto, no prazo, com ágio de R$ 5/@ sobre o animal “comum”, acrescenta a Scot.

Cotações máximas de machos e fêmeas na quarta-feira, 6/9
(Fonte: S&P Global)

SP-Noroeste:

boi a R$ 199/@ (prazo)
vaca a R$ 189/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 195/@ (à vista)
vaca a R$ 175/@ (à vista)

MS-C.Grande:

boi a R$ 197/@ (prazo)
vaca a R$ 182/@ (prazo)

MT-Cáceres:

boi a R$ 177/@ (prazo)
vaca a R$ 158/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 175/@ (à vista)
vaca a R$ 156/@ (à vista)

MT-Colíder:

boi a R$ 170/@ (à vista)
vaca a R$ 156/@ (à vista)

GO-Goiânia:

boi a R$ 182/@ (prazo)
vaca R$ 167/@ (prazo)

GO-Sul:

boi a R$ 182/@ (prazo)
vaca a R$ 167/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 192/@ (à vista)
vaca a R$ 177/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 197/@ (prazo)
vaca a R$ 177/@ (prazo)

MG-B.H.:

boi a R$ 187/@ (prazo)
vaca a R$ 177/@ (prazo)

BA-F. Santana:

boi a R$ 185/@ (à vista)
vaca a R$ 175/@ (à vista)

RS-Fronteira:

boi a R$ 210/@ (à vista)
vaca a R$ 195/@ (à vista)

PA-Marabá:

boi a R$ 182/@ (prazo)
vaca a R$ 167/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 184/@ (prazo)
vaca a R$ 169/@ (prazo)

PA-Paragominas:

boi a R$ 202/@ (prazo)
vaca a R$ 187/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 187/@ (prazo)
vaca a R$ 172/@ (prazo)

RO-Cacoal:

boi a R$ 170/@ (à vista)
vaca a R$ 156/@ (à vista)

MA-Açailândia:

boi a R$ 175/@ (à vista)
vaca a R$ 163/@ (à vista)

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.
DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente
Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Cadastre-se de gratuitamente na Newsletter DBO:


    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    clima tempo

    São Paulo - SP

    max

    Máx.

    --

    min

    Min.

    --

    017-rain

    --

    Chuva

    008-windy

    --

    Vento

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Colunas e Artigos

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Leilões em destaque

    Continue depois da publicidade

    Newsletter

    Newsletter

    Jornal de Leilões

    Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

    Continue depois da publicidade

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Continue depois da publicidade

    Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

    Encontre o que você procura:

    Pular para o conteúdo