Agrifatto: cortes de carne bovina ficam mais baratos para os consumidores brasileiros

Os preços da proteína vermelha fecharam março/24 com a 3ª queda consecutiva na varejo e atingem o menor patamar desde out/23, informa a consultoria, com base em dados do IBGE

Continue depois da publicidade

Nesta quarta-feira (10/04/24), o IBGE divulgou os dados do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de março/24, com o indicador demonstrando um avanço de 0,16%, 0,67 ponto percentual abaixo da taxa de fevereiro (0,83%).

No ano, o IPCA acumula alta de 1,42% e, nos últimos 12 meses, de 3,93%, inferior aos 4,50% observados nos 12 meses imediatamente anteriores.


Segundo os analistas da Agrifatto, quando se avalia apenas o comportamento dos preços da carne bovina no mercado varejista brasileiro, “é possível constatar o terceiro mês consecutivo com redução no indicador de inflação, recuando 0,55% no comparativo mensal. Trata-se da maior queda mensal desde setembro/23”, ressalta a Agrfatto.

Na avaliação da consultoria, levando-se em conta esse resultado, é possível afirmar que os preços da carne bovina no Brasil voltaram ao menor patamar desde outubro/23.

O corte que registrou o maior recuo em março/24 foi a alcatra, com queda de 2,76% no comparativo mensal, seguido pelo contrafilé, que teve baixa de 2,59% e a capa de filé (queda mensal de 1,46%) – veja tabela ao final deste texto.

VEJA TAMBÉM | Setor da proteína animal precisa observar as mudanças do mercado para ser competitivo

“Apesar de ter caído menos que a alcatra, a queda do contrafilé foi a que mais impactou negativamente no IPCA em março/24 dentre as proteínas animais, contribuindo para que o indicador recuasse 0,011%”, afirma a Agrifatto.

Entre as outras proteínas animais, destaca-se o impacto que o leite longa vida teve sobre o IPCA (+0,019%) e o ovo de galinha (+0,012%), já que que esses dois tiveram altas de 2,63% e 4,59%, respectivamente, relata a Agrifatto.

“Vale a ressalva de que a alta do leite está só começando,  pois, historicamente, o preço desta proteína sobe até o mês de junho”, acrescenta a Agrifatto.

Variação mensal dos cortes bovinos no IPCA de março/24

Picanha: -1,12

Costela:  +0,27

Capa de filé: -1,46

Peito: -0,09

Acém: +0,82

: +0,08

Músculo: + 0,49

Lagarto comum: -1,39

Lagarto redondo: -0,56

Patinho: -0,15

Alcatra: -2,76

Chã de dentro: -1,4

Filé mignon: +0,05

Contrafilé: -2,59

Cupim: +1,58

Fonte: Agrifatto/IBGE

 

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo