Leite: em movimento atípico, preço do leite captado em janeiro sobe 5%

Preço do leite captado em janeiro foi de R$ 2,6619/litro, trata-se da maior média real para um mês de janeiro, considerando-se a série histórica do Cepea, iniciada em 2004

Continue depois da publicidade

O preço do leite captado em janeiro subiu 5% na “Média Brasil” líquida do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, chegando a R$ 2,6619/litro, sendo 17,6% maior que o registrado em janeiro do ano passado, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IPCA de janeiro/23). Trata-se, também, da maior média real para um mês de janeiro, considerando-se a série histórica do Cepea, iniciada em 2004.

A elevação dos preços em janeiro é algo atípico, pois, historicamente, o começo do ano é marcado por baixas nas cotações, tendo em vista o aumento sazonal da produção. Contudo, neste início de 2023, verifica-se justamente o oposto: limitação da produção, em consequência do clima adverso, resultado do fenômeno La Niña.


O Índice de Captação Leiteira do Cepea (ICAP-L) recuou 2,1% de dezembro para janeiro na “Média Brasil”. Nos estados do Sul, houve retração média de -0,2%, o que, por sua vez, esteve atrelado à estiagem na região. Nos estados do Sudeste e do Centro-Oeste, houve queda de 2,3%, já que o excesso de chuvas prejudicou a produção.

VEJA TAMBÉM | ABCZ inicia tratativas para criação de evento técnico voltado à cadeia do leite

Além da questão climática, é importante destacar que os preços firmes dos insumos, sobretudo da ração, têm limitado as margens de produtores leiteiros, dificultando investimentos na atividade. Pesquisas do Cepea mostram que o Custo Operacional Efetivo (COE) da pecuária leiteira subiu 0,68% em janeiro.

Com a produção limitada no campo, a média mensal do leite spot em Minas Gerais vem subindo desde a segunda quinzena de dezembro, com alta de 22,4% em janeiro, quando chegou a R$ 2,81/litro, conforme pesquisa do Cepea. A valorização da matéria-prima resultou em aumento dos preços dos lácteos em janeiro. No atacado paulista, o preço médio do UHT subiu 4,2%; o da muçarela, 3,3%; e o do leite em pó, 1%, em termos reais.

Também é importante observar que a oferta interna limitada e o aumento dos preços ao longo de toda a cadeia estimularam o crescimento de 2,8% nas importações de dezembro para janeiro. De acordo com dados da Secex, as compras externas somaram 156,9 milhões de litros em equivalente leite em janeiro, volume 2,3 maior que o internalizado no mesmo mês do ano passado. As exportações, por outro lado, caíram 30,1% em janeiro, totalizando 5,7 mil litros em equivalente leite.

PERSPECTIVA

Segundo colaboradores do Cepea, a oferta no campo continuou limitada em fevereiro. Em Minas Gerais, o leite spot registrou média mensal de R$ 3,05/litro, alta de 8,3% em relação a janeiro. Porém, é importante observar que a valorização no spot se deu na primeira quinzena do mês – na segunda quinzena, a média recuou para R$ 2,96/litro, pressionada pela demanda enfraquecida por lácteos na ponta final da cadeia, que limitou as negociações das indústrias com os canais de distribuição, diminuindo o apetite das indústrias pelas compras no spot.

Agentes de mercado consultados pelo Cepea relataram aumento dos estoques depois do dia 20 de fevereiro e sinalizaram preocupações com a fragilidade do consumo por lácteos. Outro ponto que pode frear a intensidade da valorização no campo é o aumento das importações, já que os preços internacionais dos lácteos seguem tendência de queda.

Gráfico 1. Série de preços médios recebidos pelo produtor (líquido), em valores reais (deflacionados pelo IPCA de janeiro/2022)

Fonte: Cepea-Esalq/USP.

Tabela 1. Preços líquidos nominais do leite cru captado em janeiro/23 nos estados que compõem a “Média Brasil”. Preços líquidos não contêm frete e impostos.

Nota: O sinal * indica que há informações, mas que o dado não pode ser divulgado por questão de amostra limitada. O sinal – indica que não houve informação coletada. Para o cálculo da média estadual são consideradas todas as informações obtidas.
Fonte: Cepea-Esalq/USP.

Tabela 2. Preços líquidos nominais do leite cru captado em janeiro/23 nos estados que não estão incluídos na “Média Brasil”. Preços líquidos não contêm frete e impostos.

Nota: O sinal * indica que há informações, mas que o dado não pode ser divulgado por questão de amostra limitada. O sinal – indica que não houve informação coletada. Para o cálculo da média estadual são consideradas todas as informações obtidas.
Fonte: Cepea-Esalq/USP.

 

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo