Conteúdo: 18/08/2021

Visão computacional na identificação de bovinos

Inteligência artificial permite reconhecimento individual de animais com elevada precisão; tecnologia está em fase final de ajustes

O analista de sistemas Fabrício Weber, que desenvolveu o sistema, junto com a esposa.

Por Ariosto Mesquita

Em 2017, quando começou a acompanhar o doutorado de sua esposa, que propunha um modelo de previsão de peso de bovinos através da utilização de imagens, ele percebeu que poderia ir além. E foi. Atualmente, o analista de sistemas Fabrício de Lima Weber trabalha seis horas por dia, exclusivamente para dar retoques finais na validação de uma tecnologia que possibilita a identificação individual de animais por imagem corporal.

Sua dedicação é embalada nos resultados obtidos na pesquisa que fundamentou tese de mestrado defendida em 2020, quando obteve taxas de precisão entre 98% e 99% no reconhecimento de bovinos pantaneiros por inteligência artificial.

VEJA TAMBÉM | Mais chance para os machos inteiros?

Diante desses resultados, conseguiu ampliar a pesquisa para raças comerciais. Neste ano, vem rodando a tecnologia em um rebanho Angus e alguns animais mestiços, numa propriedade em Maracaju, MS, e deve fazer o mesmo com animais Nelore, no Pantanal. O objetivo, a médio prazo, é patentear a invenção e licenciar parceiros para a prestação de serviços pelo Brasil.

Dentre as aplicações práticas, Weber acredita que seu modelo poderá complementar ou até mesmo substituir os
atuais sistemas de identificação de bovinos, feitos à base de brincos, chips, tatuagens e marcações.

“Acredito muito nisso, com a vantagem do potencial de um serviço mais barato e preciso. Vejo também chances de ser utilizado para agilizar a emissão de GTAs e, quem sabe, para identificação individual via celular em feiras e leilões. A mente vai longe com relação às possíveis colocações desta tecnologia no mercado”, entusiasma-se. 

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Visão computacional na identificação de bovinos

Inteligência artificial permite reconhecimento individual de animais com elevada precisão; tecnologia está em fase final de ajustes

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: