Conteúdo Original | Revista DBO

Sistema Guaxupé é lançado no Acre

Embrapa Acre lança sistema Guaxupé para perenidade de pastagens, com ênfase ao consórcio com amendoim forrageiro.

Dia de campo na Fazenda Guaxupé, no Acre.

Por Ariosto Mesquita

Foram 25 anos de tentativas, experiências e pesquisas. No dia 21 de junho de 2023, em um evento de campo em Rio Branco (AC), a Embrapa apresentou oficialmente o Sistema Guaxupé, modelo produtivo validado em três propriedades, que chega com a responsabilidade de virar a página da história da pecuária na Amazônia. Baseado em quatro pilares: diversificação de cultivares, consórcio com amendoim forrageiro, controle preventivo/tolerância zero com plantas daninhas e manejo adequado da pastagem.

O novo arranjo propõe vida longa e perene para o pasto, eliminando definitivamente a Síndrome da Morte do Braquiarão (SMB), que causa “reboleiras” (áreas descobertas) em progressão contínua, até o definhamento total das touceiras de capim Marandu, também conhecido como Braquiarão. O fenômeno assolou pastos com solos mal drenados e/ou de baixa permeabilidade, principalmente na Região Norte, a partir da década de 1990, tirando o sono de muitos produtores.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$ 12,70 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade
Compartilhe:

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo