Conteúdo Original | Revista DBO

Simplicidade e ousadia no macarrão de comitiva

Conhecido também como macarrão pantaneiro, macarrão frito ou macarrão boiadeiro, o prato leva poucos ingredientes, mas tem sabor marcante e é muito prático de se fazer

Por Paulo Machado – Chef e pesquisador das expedições gastronômicas FoodSafaris. Baseado em Campo Grande (MS), é autor do livro “Culinária do Pantanal: comitiva de sabores”.

Estamos vivendo a era da cozinha pantaneira. Nunca se falou tanto em preparos caipiras, em roda de tereré, em comida de comitiva, em fogão a lenha, em sabores das casas de fazenda, em ingredientes de mercado, em composição milho-mandioca advinda dos povos originários, em carneadas como as que faziam os antepassados de nossos avós, em preparos de peixes de rio…

A página desta coluna não seria suficiente para abrigar os nomes de tantos pratos – do jacaré ao churrasco de porco Monteiro, passando pela linguiça de Maracaju; pelos doces de compota de frutas sazonais e pelo “tchá co bolo”, como carinhosamente os cuiabanos chamam o bolo de arroz da Dona Eulália, considerado o melhor da cidade, servido com chá mate em sua casa/comércio “Eulália e Família”.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade
Compartilhe:

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: