Conteúdo Original | Revista DBO

Rastrear sem complicar

Está a caminho um novo sistema voluntário de rastreabilidade de animais; em conversa com o jornalista Moacir José, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, da CNA, detalha como se pretende rastrear sem complicar.

Francisco Olavo Pugliesi de Castro (o “Chico da Pauliceia”, como é conhecido).

Por Moacir José

Depois de um ano e meio de discussões, a Comissão Nacional de Bovinocultura de Corte da CNA (Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil), presidida por Francisco Olavo Pugliesi de Castro (o “Chico da Pauliceia”, como é conhecido) apresentou, no dia 20 de abril, em reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Carne Bovina, ligada ao Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), uma proposta de identificação individual de bovinos que prevê rastreabilidade desde a origem, ou seja, desde a fazenda em que o animal nasceu.

Os principais pilares da proposta são a adesão voluntária dos produtores e a gratuidade no cadastramento dos animais numa plataforma do Mapa, que seria gerenciada pela CNA e cujas informações seriam de acesso exclusivo da entidade, ou seja, não seriam públicos.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade
Compartilhe:

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: