Conteúdo Original | Revista DBO

Proteinado X Mineral

Comparativo da Rehagro mostra que incrementar o cardápio do boi pode ser mais simples e economicamente acessível do que pensa o pecuarista

Por Carolina Rodrigues

“O pecuarista que não intensificar sua produção sairá da atividade nos próximos anos”. Essa frase, sempre repetida por técnicos e especialistas do setor, assusta muita gente, principalmente quem tem o pastejo extensivo como principal ferramenta de geração de renda.

Trata-se de um receio compreensível, já que o maior uso de tecnologia demanda maior desembolso, mas o processo pode ser feito de forma gradativa, sem assumir grandes riscos. O primeiro passo é mais simples do que se pensa: substituir o sal mineral pela suplementação proteica na proporção de 0,1% do peso corporal (PC), pelo menos na recria ou engorda.

É o que mostra uma análise recente da Rehagro Consultoria, que, comparando as duas estratégias nutricionais, constatou ser vantajoso esse primeiro passo da intensificação, apesar do maior desembolso.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade
Compartilhe:

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: