Conteúdo Original | Revista DBO

Leilões: bimestre de recuo moderado

Vendas de abril e maio perdem força; fêmeas respondem por 66% da comercialização

Por Gualberto Vita

Um bimestre mais fraco este ano, em comparação com o de 2022. É o que mostra o Banco de Dados de DBO no mercado de leilões envolvendo bovinos de alta genética para produção de carne nos meses de abril e maio, quando 157 remates comercializaram 13.158 lotes, rendendo R$ 317,7 milhões.

A fatura é 14,6% menor do que a do mesmo período do ano passado, enquanto o recuo na oferta é de 13,6% (15.233 exemplares em 2022). A média praticamente se manteve no mesmo patamar: R$ 24.152, ante R$ 24.446 em abril-maio/22.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade
Compartilhe:

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: