Conteúdo Original | Revista DBO

Hipomagnesemia, a tremedeira que mata

Em sua coluna na Revista DBO, o professor titular da FMVZ-USP Enrico Ortolani fala sobre a tremedeira que mata quando há queda súbita de magnésio no sangue; CONFIRA!

Pasto verdejante nem sempre é sinônimo de saúde.

Por Enrico Ortolani – Professor titular de Clínica de Ruminantes da FMVZ-USP (ortolani@usp.br)

“Quod abundat non nocet” é um ditado latino que, traduzido ao pé-da-letra, significa “aquilo que abunda não prejudica”. Ter abundância de dinheiro é sempre bom; ter excesso de saúde, melhor ainda; ter uma plêiade de amigos é fenomenal. Mas nem sempre isso representa a verdade. Um dos exemplos mais marcantes na pecuária é o que acontece com boiadas em certas pastagens viçosas que podem desencadear hipomagnesemia, ou seja, baixo teor de magnésio (Mg) no sangue, levando os animais à morte.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Faça já sua assinatura digital da DBO

Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Já tem uma assinatura DBO?
Entre na sua conta e acesse a Revista Digital:

Continue depois da publicidade
Compartilhe:

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: