Radar Sanitário | Vermifugação estratégica em rebanhos do Brasil Central

CONFIRA o que está no 'Radar Sanitário' em agosto; coluna do médico veterinário e professor Enrico Ortolani trata das rotinas no manejo dos rebanhos de corte

Continue depois da publicidade

Por Enrico Ortolani – Professor titular de Clínica de Ruminantes da FMVZ-USP (ortolani@usp.br)

VERMIFUGAÇÃO ESTRATÉGICA EM REBANHOS DO BRASIL CENTRAL


Vários estudos identificaram que os bovinos, da desmama até os dois anos de idade, criados na área chamada Brasil-Central Pecuário (planícies de SC, PR, todos estados das regiões sudeste e centro-oeste, RO, AC e sul do AM, PA, MA e PI, centro e sul da BA) da desmama até os dois anos necessitam ser vermifugados estrategicamente três vezes ao ano, no esquema chamado “5-8-11”.

No mês de agosto, é hora da 2ª vermifugação em bovinos dessa faixa etária. Recomendo nessa etapa o uso de vermífugos a base de Levamisole. A ideia da vermifugação estratégica é diminuir os vermes, no decorrer do ano, nos animais mais jovens, que têm maior risco de verminose, e reduzir muito a contaminação das pastagens com larvas dos futuros helmintos.

Segundo testes que acompanhei essas vermifugações estratégicas, garantem ao final do ano uma arroba a mais que os bovinos vermifugados só na campanha da aftosa (maio e novembro) e quase 50 kg a mais dos não tratados. Não esqueça!

Vermifugue agora todos bovinos desmamados até 2 anos.

BEZERRADA ESTÁ NASCENDO: CUIDADOS COM A CRIA

Você está careca de saber dos cuidados com a cria no nascimento. Muitos bezerros morrem de diarreia aos 12 aos 20 dias de idade, quando nascem em piquetes de parição muito empregado e não trocado por anos, que vai ficando cada vez mais contaminado, em áreas sujas e com capim alto e em locais alagadiços ou muito úmidos.

Se assim for, troque o piquete de parição por uma área limpa, plana e descontaminada. Cure o umbigo com solução de iodo a 6% ou com medicamentos apropriados, jamais empregando apenas spray larvicida.

Use antiparasitários para prevenir a bicheira. Segundo constatei tratamentos com antibióticos no primeiro dia de vida não surtem efeito na prevenção de futuras infecções. Boa sorte e trate bem da sua bezerrada!!

A cura correta do umbigo é fundamental para a vida.

SURTO DE ANAPLAMOSE EM DESMAMADOS NO PANTANAL

Veterinários me confirmaram que está ocorrendo um surto de anaplasmose, e alguns poucos casos de babesiose, em bovinos desmamados de 8 a 12 meses, em especial nos mestiços, criados na região do município de Coxim, no Pantanal do MS.

O fenômeno está ligado a súbita explosão da população de carrapatos (Rhipicephalus microplus), parasitas estes que transmitem tanto a anaplasmose como a babesiose. O ano passado e o começo deste ano nessa região foi marcada por prolongada seca, que diminuiu muito a sobrevivência de carrapatos nas pastagens e no ambiente.

Tal seca esteve ligada a influência do fenômeno “La Niña” no Oceano Pacífico, o qual foi seguido pelo “El Niño”, que tem efeito contrário, porém este ano foi mais forte que em vezes anteriores, fazendo com que chovesse, até o momento, 1126 mm, 37 % a mais que a média tradicional para o período. Essa alta umidade favoreceu a sobrevivência de larvas de R. microplus no ambiente, que atacou em seguida, a bezerrada para valer.

A pergunta que fica é por que essa faixa etária foi mais atacada pela anaplasmose? Tudo indica que essa categoria nasceu e ficou bastante tempo sem contato com carrapatos, assim como com a bactéria Anaplasma marginale, que causa a anaplasmose. Isso não estimulou a produção de anticorpos de proteção contra a doença nessa categoria animal.

Na anaplasmose, a bactéria se multiplica nos glóbulos vermelhos do sangue e causa febre, muita tristeza e abatimento, falta de apetite, anemia e em muitos casos morte. A anemia se dá pela sinalização por parte do A. marginale ao organismo do animal que os glóbulos vermelhos atacados já estão muito velhos, mesmo que eles sejam jovens, e devem ser destruídos inapelavelmente pelo baço.

Os veterinários informantes tiveram que fazer tratamento em massa contra o A. marginale em todos os desmamados sob risco, para evitar novos casos da doença. Se você tem a propriedade na região procure imediatamente seu veterinário de confiança para realizar o mesmo!

Glóbulos vermelhos atacados pelo A. Marginale (seta).
Anemia causada pelo A. Marginale.

Mande sua notícia da presença de focos ou surtos recentes dos mais variados tipos de doenças em gado de corte para o seguinte email: ortolani@usp.br

VEJA TAMBÉM
Cisticercose bovina preocupa em MS

Morte de gado Nelore por frio em Mato Grosso do Sul: entenda os motivos!
Foco de fasciolose em boitel na região Sul
Surto de ‘Mio-Mio’ mata bovinos no extremo sul do RS
Hora de rever os cochos; veja fotos

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente.

Gostou? Compartilhe:
Mais conteúdo

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Raças

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Revista DBO

Destaques

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Cooperativas ‘abrem alas’ para o boi

Gigantes da agricultura e da produção leiteira começam a ver o gado de corte como importante parceiro de suas atividades-mãe e lançam programas específicos para pecuaristas.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Vídeo

Os destaques no vídeo da Edição:

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Programas

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: