Pesquisa no IZ aponta técnicas que promovem sequestro de carbono em pastagens

Reduzir as emissões de gases de efeito estufa e consequentemente os impactos das mudanças climáticas é um dos maiores desafios da atualidade

Continue depois da publicidade

Se por um lado a agropecuária tem sido fortemente afetada pelos efeitos das anormalidades climáticas, como temperaturas extremas, ondas de calor, seca e inundações, por outro lado, os setores agropecuários e a mudança do uso da terra são os maiores responsáveis pelas emissões totais de gases de efeito estufa (GEE) no Brasil.

Um dos principais usos da terra no país são as pastagens, com cerca de 159 milhões de hectares, sendo que a maior parte apresenta algum nível de degradação, podendo aumentar ainda mais as emissões de gases.


Pesquisa realizada no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Pastagem e Alimentação Animal do Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de SP, em colaboração com Embrapa Meio Ambiente, Instituto Agronômico (IAC-APTA) e Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP, avaliou o estoque de carbono em solos sob mata e sob pastagem e identificaram que boas práticas de manejo de pastagem podem aumentar o sequestro do carbono (C) no solo, reduzindo as emissões.

OUÇA | Sairá na frente quem logo aceitar as mudanças climáticas

De acordo com a pesquisadora do IZ Cristina Maria Pacheco Barbosa, foram analisadas amostras de solos de dois pareamentos de mata e pastagem.

“Avaliamos três tratamentos: pastagem exclusiva de gramínea, pastagem exclusiva de gramínea com suplementação proteica aos animais e pastagem de gramínea consorciada com leguminosa. Dependendo da textura do solo, é possível ter o mesmo acumulo de carbono no solo de mata ou pastagem e, com o tempo, é possível que o do solo sob pastagem supere o do solo sob mata”, diz.

Segundo Barbosa, pastagens mal manejadas, pouco produtivas e com baixa cobertura do solo devem resultar em déficit de C em relação à cobertura florestal original, enquanto pastagens com boas práticas de manejo, como adubação nitrogenada, consórcio com leguminosas, sistemas de pastejo rotacionado ou diferido, podem superar os estoques originais de C no solo.

“Estas boas práticas também têm impactos positivos diversos na produção, como, por exemplo, na maior eficiência de uso dos nutrientes e no equilíbrio biológico dos sistemas”, reforça.

Fonte: Ascom IZ-APTA / Governo de SP

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente.

Gostou? Compartilhe:
Mais conteúdo

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Raças

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Revista DBO

Destaques

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Cooperativas ‘abrem alas’ para o boi

Gigantes da agricultura e da produção leiteira começam a ver o gado de corte como importante parceiro de suas atividades-mãe e lançam programas específicos para pecuaristas.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Vídeo

Os destaques no vídeo da Edição:

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Programas

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: