OUÇA 🎧 | Sete passos para a promoção do melhoramento animal

Para o pecuarista que tomou consciência de que a seleção genética é a ferramenta mais barata para incrementar a produtividade, algumas ações são necessárias antes de se engajar em um dos bons programas do mercado

Continue depois da publicidade

Monitorar o rebanho, cada animal, desde o acasalamento até o abate, entrada em reprodução ou comercialização, embora apenas uma rotina de certa forma simples, é trabalhoso e um caminho sem volta. Por isso é bom uma tomada de consciência prévia.

Walter Domingues é consultor da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) e também da WDS Assessoria de Pecuária, com décadas de trabalho em propriedades por todo o País. Ele é quem argumenta a necessidade de se fazer o melhor e evoluir sempre.


OUÇA 🎧 o comentário de Walter Domingues

1. Cercar-se de profissionais habilitados para fornecer respostas em cada um dos setores e etapas do processo é a primeira e fundamental ação.

2. Juntos com esses profissionais, traçar um planejamento de todas as providências que precisam ser empreendidas, com cronologia das atitudes, investimentos e expectativas de ganhos genéticos e financeiros.

3. Avaliar profundamente os protocolos sanitários e a oferta nutricional da propriedade, tendo em mente que animais doentes ou subnutridos não se desenvolvem a contento, muito menos manifestam plenamente seu potencial genético. É bem possível que ações têm de ser implementadas nessas áreas.

4. Identificar cada animal por meio de tatuagem, marca de fogo, brincos ou chips eletrônicos para que seja possível acompanhá-los individualmente, por meio de software que receberá as escriturações zootécnicas.

5. Preparar equipe da fazenda (formação e treinamento) para registrar minuciosamente todos os eventos da vida animal que servirão para posterior remessa a associações de raça, instituições ou empresas que tabulam informações ou dados solicitados pelo programa de melhoramento genético, em questão. As fazendas de gado PO normalmente estão mais adiantadas nesse processo. Contudo, rebanhos comerciais também o podem realizar.

6. Possuir instalações como curral e brete de contenção para realizar pesagens e outros procedimentos, assim como balança. Existem diversos modelos no mercado, com faixas de preços diferentes e mais ou menos concebidos dentro das boas práticas de bem-estar animal. Sob orientação técnica, também é possível reformar as já existentes, quando necessário.

7. Certificar-se de que as informações coletadas correspondem à realidade da fazenda e dos animais. A qualidade na realização dessa tarefa determina o futuro do trabalho, na medida que indicam os avanços e correções que precisam ser feitas no processo.

Walter Domingues chama para a compreensão o fato de os programas de melhoramento genéticos serem apenas fornecedores de “caminhos” para que o pecuarista e sua equipe possam fazer suas próprias escolhas, sempre em função de objetivos previstos no planejamento estratégico da propriedade.

“Os programas medem incansavelmente as características dos animais, gerando avaliações zootécnicas, DEPs e uma série de índices. São exatamente essas informações que serão utilizadas nas fazendas, segundo as aplicações definidas pelo gestor de cada rebanho”, conclui.

 

OUÇA 🎧 MAIS

15 passos para se tornar um agricultor de capim

Oito passos para o pecuarista fazer seu planejamento estratégico

Bons pastos e manejo reduzem tempo no confinamento

Menos tempo no cocho, arroba produzida mais barata

VÍDEO | Reposição bem feita visando o lucro na pecuária de corte; Gêra Nunes comenta

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo