OUÇA 🎧 | Seis alvos de atenção para sobreviver ao ciclo de baixa da pecuária

Preservar ao máximo a margem de lucro é a frase do período. Para quem está planejado é mais fácil. Para quem não está é um bom momento de fazê-lo, definitivamente.

Continue depois da publicidade

O recorrente ciclo de baixa da bovinocultura de corte exige sempre uma série de medidas bastante austeras na fazenda.

Em casos de um modelo planejado e de boa gestão, a proteção da margem de lucro pode ser a chave para evitar o abate desnecessário de fêmeas em reprodução ou encolhimento da produção, em caso de recriadores e confinadores.


Marco Gambale, zootecnista e consultor de pecuária, defende que tudo deve girar em torno de proteção dessa margem. É cuidando dela que o produtor sobreviverá a esse momento difícil.

O técnico destaca a oportunidade pela queda de preços dos grãos, assim como de outros insumos e animais de reposição. Vale a pena atentar para os tópicos mais relevantes.

Marco Gambale, zootecnista e consultor de pecuária (Foto: Arquivo pessoal)

OUÇA 🎧 os comentários de Marco Gambale

1. Custos e despesas fixas

Muitas vezes são eles que roubam essa margem do negócio tão almejada. Verifique, por exemplo, se não há funcionários acima do necessário, na fazenda – a folha de pagamento não deve superar os 10% do faturamento total – ou se aquela manutenção de cerca que a deixa bem “pintadinha de branco” o ano todo não está encarecendo os custos.

2. Foque em produtividade em vez de produção

Produtividade é produzir com lucro, com eficiência; já produção é olhar somente o volume do que se produz. Pode-se criar 80 animais por hectare, mas qual é o custo de uma operação como essa? Tenha em mente que produzir mais pode “matar” a margem do negócio.

3. Analise e selecione seus investimentos

Em momentos de crise, deve-se priorizar somente os investimentos produtivos, justamente aqueles que vão interferir diretamente na produção. Se o produto da fazenda está remunerando menos é preciso produzir mais.

No ano passado, o custo médio da produção de uma arroba em confinamento era de R$ 240; em 2023, ele é de R$ 200. Os custos caíram. Então se o pecuarista produzir mais, mesmo com a arroba lá no chão, a atividade se tornará mais rentável. Mas não esqueça do item 3.

4. Conheça e entenda os números da sua fazenda

Eles mostram a direção do seu negócio pecuário. São eles que subsidiam suas ações dentro da fazenda para garantir a saúde financeira. É preciso acompanhar tudo e fechar as torneiras abertas, desnecessariamente. Sabendo quanto custa a operação, vislumbra-se a margem; ou seja, o quanto vai sobrar no caixa.

5. Foque no seu pasto

A oferta de boas pastagens, portanto das forrageiras levadas como cultura, até no manejo, é que vão garantir boa margem no negócio. E não adianta pensar somente em quantidade de capim. A qualidade dele interfere na suplementação, por exemplo, no período seco.

6. Atenção para a recria

É ela que vai tirar qualquer ágio pago ao longo do processo. Se você teve uma reposição “cara” é na recria que as coisas vão se equilibrar. Na terminação em confinamento, o custo de uma arroba está por volta de R$ 200, mas no pasto, ele cai para R$ 120. Então, o bom gerenciamento da operação nessa fase é vital para a tão necessária proteção da margem.

OUÇA MAIS 🎧

Colocando o ‘boi-China’ no seu devido lugar

Pecuária de corte: principais erros cometidos na seca começaram nas águas

Se vai terminar, fique atento às fontes de proteína na sua região

Confinando no menor intervalo de tempo possível

Sete passos para a promoção do melhoramento animal

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Cadastre-se de gratuitamente na Newsletter DBO:


    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    clima tempo

    São Paulo - SP

    max

    Máx.

    --

    min

    Min.

    --

    017-rain

    --

    Chuva

    008-windy

    --

    Vento

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Colunas e Artigos

    Continue depois da publicidade

    Continue depois da publicidade

    Leilões em destaque

    Continue depois da publicidade

    Newsletter

    Newsletter

    Jornal de Leilões

    Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

    Continue depois da publicidade

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Vaca - 30 dias

    Boi Gordo - 30 dias

    Fonte: Scot Consultoria

    Continue depois da publicidade

    Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

    Encontre o que você procura:

    Pular para o conteúdo