OUÇA 🎧 | ILP e ‘boi safrinha’ apoiam pecuária em ciclo de baixa

As tecnologias têm aproximado cada vez mais a agricultura e pecuária

Continue depois da publicidade

Para quem não está conseguindo acompanhar as rápidas mudanças é bom dedicar um tempo ao assunto e entender como é possível diversificar os produtos da fazenda, sempre mantendo o foco na maior rentabilidade possível e sustentabilidade.

A Fazenda Caimbé, desde 2001 no Grupo Caimbé, de Paulo Rogério de Morais Machado, com três propriedades no Mato Grosso trabalhadas desde a década de 1980 é uma boa resposta, estruturada a partir da Integração Lavoura Pecuária (ILP) e o “Boi Safrinha”. As estratégias foram aprimoradas e a recria e engorda de gado se tornou uma importante unidade de negócio.


Muitos devem se perguntar como sobreviver com tal modelo tecnificado nesses tempos de vacas magras, o recorrente ciclo de baixas de preços na bovinocultura de corte.

Quem oferece saída é gestão e planejamento, em resumo, contas e ajuste fino no custeio e investimento da propriedade (negócio). A explicação é de Franklin de Resende Mattei, supervisor de ILP e produtor rural.

OUÇA 🎧 os comentários de Franklin de Resende Mattei

Com a ILP, várias são as oportunidades de aproveitamento das várias áreas. Uma delas é a oportunidade para o “boi safrinha” que, tecnicamente, referem-se ao uso da forragem produzida em consórcio no verão com a finalidade de cobertura de solo e também para a alimentação de bovinos na estação da seca (inverno).

É uma pastagem de curta duração em um período em que, normalmente, ocorre déficit de forragem.

Um raio-x da propredade – A agricultura é o carro-chefe do Grupo Caimbé, com produção de algodão, soja e milho.

A propriedade reportada fica no município de Primavera do Leste e acabou obrigada a realizar rotação de culturas, por meio da ILP, em função de queda brusca de produtividade ao longo dos anos e da infestação por nematóides.

Foto: Arquivo pessoal

Sua terra é de composição mista, havendo áreas mais arenosas, o que prejudica o direcionamento para as culturas do milho e soja. A Caimbé possui 15 mil hectares no total, sendo 12 mil hectares agricultáveis.

Para se realizar a rotação de pastagens era preciso entrar com o capim, única opção de cobertura vegetal; logo, a melhor estratégia era aproveitar a forrageira com pecuária bovina. Certo é que de 3 a 5 mil hectares, atualmente, são ocupados por pastagens de excelente qualidade.

Com o tempo, o trabalho com o gado virou uma unidade de negócio autônoma, precisando dar resultado como todas as demais culturas. “Os animais estão lá para gerar resultados e não apenas porque o modelo ILP pede ou mesmo o sistema de rotação”, explica Franklin. E tudo segue com boa gestão, já que entrada de pastagem requer cercamento, fornecimento de água e instalação de cochos.

VEJA TAMBÉM | Boi safrinha: “Onde não tinha boi, colhemos menos soja”, afirma agropecuarista

Oportunidade com resíduos – Os subprodutos do algodão também seguem na dieta do gado, tais como o caroço do algodão, o capulho (resíduo da colheita, rico em fibras e que pode substituir a silagem), e a torta do caroço (material resultante da extração do óleo, rico em fibra e proteína).

Tudo isso “acaba sendo muito interessante em função de preço, competitivo inclusive com WDG e DDG, provenientes da usinagem de milho para etanol”, diz Franklin. Assim, a pecuária ganhou porte. Hoje a Caimbé trabalha com um volume de 10 a 12 mil cabeças/ano, abatendo de 7 a 8 mil animais, no mesmo período.

O tempo de recria do bezerro é de 15 a 16 meses, enquanto que, de confinamento, até 4 meses. Isso significa que os bovinos estão prontos antes dos 30 meses de idade. O sistema consegue a bonificação de “boi China”.

O sistema se abastece com a compra de bezerros machos, pelo valor agregado e maior facilidade de manejo. Afastaram a possibilidade de fazer cria, pelo mesmo motivo.

“Recria e engorda são mais adequados ao nosso sistema de produção”, diz o produtor. Há seis anos quando tudo começou, era difícil encontrar boa reposição, mas o perfil da região mudou e não é preciso andar mais do que 300km para obtê-la.

Foto: Arquivo pessoal

Pecuária com bons números – Quanto a desempenho, o gado em recria consegue ganhos diários de 400 a 500g. Na engorda, em dois modelos, no semiconfinamento de 1,3 a 1,4 kg/dia; no confinamento, 1,5 a 1,6kg/dia.

Nessa toada, a bovinocultura de corte da Caimbé deixou de ser uma estratégia e se tornou uma resposta importante no Grupo. O revezamento entre pasto e lavoura ocorre a cada cinco anos.

Quando saem os animais é feito o plantio direto com soja. Após a colheita, no período de chuvas seguinte, ocorre a entrada do algodão, ficando por dois anos. Mas esse é um ciclo médio. O que determina mais incisivamente é a produtividade das culturas agrícolas. Em ela caindo muito, o ciclo pode cair para quatro anos. Caso se mantenha, pode subir para seis anos.

Quando o Grupo implantou a ILP o fez com o capim ruziziensis, avaliado como mais indicado para a estratégia. Mas, ao longo das temporadas foram testados mavuno e também piatã, este último respondendo muito bem por sua resistência à seca, hoje preponderante na fazenda.

OUÇA 🎧 | Experiência com ILP muda a satisfação de produzir no Rio Grande do Sul

O problema fica para o retorno da área à agricultura, já que sua estrutura radicular mais desenvolvida, acaba atrapalhando o manejo. Porém, como o custo-benefício é quem manda, o trabalho segue com piatã mesmo. Ainda existem cerca de 130 hectares destinados à produção de silagem de miyagi ou mombaça.

OUÇA MAIS 🎧

Seis ações para diminuir prejuízos na desmama

Seis alvos de atenção para sobreviver ao ciclo de baixa da pecuária

Colocando o ‘boi-China’ no seu devido lugar

Pecuária de corte: principais erros cometidos na seca começaram nas águas

Se vai terminar, fique atento às fontes de proteína na sua região

Confinando no menor intervalo de tempo possível

Sete passos para a promoção do melhoramento animal

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente.

Gostou? Compartilhe:
Mais conteúdo

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Raças

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Revista DBO

Destaques

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Cooperativas ‘abrem alas’ para o boi

Gigantes da agricultura e da produção leiteira começam a ver o gado de corte como importante parceiro de suas atividades-mãe e lançam programas específicos para pecuaristas.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Vídeo

Os destaques no vídeo da Edição:

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Programas

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: