Operação Boi Gordo fiscaliza frigoríficos em todas as regiões de Goiás

A operação destaca a importância do transporte de gado com documentação adequada, incluindo nota fiscal e Guia de Trânsito Animal (GTA), informa a Agrodefesa

Continue depois da publicidade

A Secretaria de Estado da Economia, em parceria com a Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), deflagrou na madrugada de quinta-feira (1/2) a Operação Boi Gordo, num frigorífico da Região Metropolitana de Goiânia.

O trabalho de fiscalização está sendo realizado, simultaneamente, em todas as regiões de Goiás, com o fechamento das divisas estaduais. A operação destaca a importância do transporte de gado com documentação adequada, incluindo nota fiscal e Guia de Trânsito Animal (GTA).


“Nossa meta é garantir a integridade do sistema e assegurar que todas as transações comerciais estejam em conformidade com a legislação vigente. Já constatamos algumas irregularidades, o que reforça a importância desta ação de fiscalização”, assinala a superintendente de Fiscalização Regionalizada, Gabriela Vitorino de Sousa Delfino.

O diretor de Defesa Agropecuária da Agrodefesa, Augusto Amaral, reforça que a operação é importante para assegurar os controles tributário e sanitário da principal matéria-prima que abastece os frigoríficos.

Foto: Denis Marlon

“O boi precisa estar nas condições sanitárias adequadas para, após o abate, a carne chegar até a mesa do consumidor com total segurança. Os animais que entram nas indústrias precisam estar devidamente documentados, não somente portando a GTA, mas também os documentos de ordem tributária”, ressalta.

Ele acrescenta que a ação continuará em outros estabelecimentos para garantir a defesa agropecuária no Estado. “Isso para que a gente consiga manter o controle sanitário, a rastreabilidade de origem e a qualidade do produto final”, informa.

A abordagem reforça ainda a presença do Estado em todos os locais, indicando um comprometimento contínuo com a fiscalização e com a defesa agropecuária, assim como o cumprimento das normativas que regem o setor.

VEJA TAMBÉM | Projeto autoriza utilização de animais como garantia de empréstimos e financiamentos rurais

O Fisco, por meio de suas atribuições, reafirma seu compromisso em garantir a transparência e a legalidade nas atividades relacionadas à pecuária e abate de gado em Goiás.

Fiscalização – Auditores fiscais do Comando Volante da Delegacia Regional de Fiscalização (DRF) de Goiânia, fiscais agropecuários e Apoio Fiscal Fazendário “estão fiscalizando tudo, desde o curral ao local de abate, buscando indícios de possíveis irregularidades, lembrando que este é só o início da Operação Boi Gordo, que prossegue em todo o Estado”, explicou Gabriela Vitorino.

A Operação Boi Gordo teve início no dia 31 de janeiro, na região de Posse, e agora está na segunda etapa, por meio do posto fiscal itinerante nos municípios de Goiânia, Anápolis, Morrinhos, Catalão, Formosa, Goianésia, cidade de Goiás, Jataí, Luziânia, Porangatu, Rio Verde e Itumbiara.

Fonte: Ascom Secretaria da Economia e Agrodefesa / Governo de GO

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo