No mercado do boi, batalha pelo melhor preço continua, mantendo a estabilidade na arroba

“É importante notar que o encolhimento nas escalas de abates dos frigoríficos pode se intensificar durante o período de Carnaval”, afirmam os analistas da Agrifatto

Continue depois da publicidade

No mercado físico do boi gordo, o jogo continua, relata a Agrifatto, que acompanha diariamente os negócios em 17 importantes praças brasileiras.

De um lado, diz a consultoria, os frigoríficos exercem uma intensa pressão de baixa sobre a arroba. De outro, continua a Agrifatto, os produtores demonstram firme resistência, resultando em uma restrição da oferta e boiadas gordas e, consequentemente, uma redução do volume negociado.


Porém, as escalas de abate das indústrias brasileiras encurtaram um dia e, na quarta-feira (7/2), retornaram ao desconforto de sete dias, na média nacional.

“É importante notar que o encolhimento das programações pode se intensificar durante o período carnavalesco”, afirmam os analistas da Agrifatto.

Segundo a consultoria, fevereiro é um mês caracterizado por suas peculiaridades. “Além de ser mais curto, existe a redução de dias úteis devido aos pontos facultativos e feriados. Após um leve aumento no consumo durante o Carnaval, em seguida vem a quaresma, um período de significado religioso que, tradicionalmente, derruba o consumo de carne vermelha”, relatam os analistas.

Mercado Pecuário | Como ficam as cotações da arroba após o Carnaval?

Porém, prevê a Agrifatto, exceto por algumas variações negativas pontuais, a expectativa é que os valores da arroba permaneçam com boa sustentação ao longo da próxima semana.

“A partir de 19 de fevereiro, será necessária uma análise mais acurada das ofertas, da evolução das escalas e do apetite chinês para novos contratos após o ano novo lunar”, observa a Agrifatto, que acrescenta: “Combinados, tais fatores determinarão com mais segurança o rumo dos preços da arroba do boi gordo no mercado físico”.

Nesta quinta-feira, apurou a Agrifatto, a cotação média do boi gordo em São Paulo permaneceu em R$ 235/@. Todas as dezessete praças acompanhadas pela Agrifatto mantiveram cotações laterais (veja a lista de preços de todas as categorias de abate ao final deste texto).

VEJA TAMBÉM | Boi gordo: mercado doméstico segue fraco; exportação paga mais ao pecuarista, diz Cepea

Segundo apuração da Scot Consultoria, com o feriado se aproximando, alguns frigoríficos completaram as escalas de abate e só voltarão às compras na Quarta-Feira de Cinzas (15/2).

“A expectativa é de que, com o feriado, o volume de carne escoada aumente, em função das confraternizações”, afirmam os analistas da Scot, que completa: “Vale ressaltar que, mesmo com o aumento do escoamento, o Carnaval deixa o mercado moroso, pois fevereiro tem menos dias”.

Pelos dados da Scot, a cotação do boi gordo está em R$ 235/@ no mercado paulista, enquanto a vaca e a novilha gordas são negociadas por R$ 210/@ e R$ 230/@, respectivamente (preços brutos e a prazo). O “boi-China” segue cotado em R$ 245@ (base SP, prazo, bruto), com ágio de R$ 10/@ sobre o animal “comum”.

Na B3, os contratos futuros do boi gordo registraram valorização na quarta-feira (7/2). O contrato com vencimento para fevereiro de 2024 fechou cotado em R$ 240,40/@, com avanço de 0,61% no comparativo diário.

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto nesta quinta-feira (8/2):

São Paulo — O “boi comum” vale R$225,00 a arroba. O “boi China”, R$245,00. Média de R$235,00. Vaca a R$215,00. Novilha a R$225,00. Escalas de abates de nove dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$235,00. Média de R$225,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de sete dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$230,00 a arroba. O “boi China”, R$240,00. Média de R$235,00. Vaca a R$210,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de oito dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$210,00 a arroba. O “boi China”, R$220,00. Média de R$215,00. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de seis dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$210,00 a arroba. O “boi China”, R$220,00. Média de R$215,00. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de sete dias;

Pará — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00. Média de R$210,00. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de oito dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$235,00. Média de R$225,00. Vaca a R$200,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abate de dez dias;

 Rondônia — O boi vale R$200,00 a arroba. Vaca a R$185,00. Novilha a R$190,00. Escalas de abate de doze dias;

 Maranhão — O boi vale R$210,00 por arroba. Vaca a R$195,00. Novilha a R$200,00. Escalas de abate de quinze dias;

Paraná — O boi vale R$235,00 por arroba. Vaca a R$210,00. Novilha a R$215,00. Escalas de abate de oito dias.

Preços da arroba em 8/2, de acordo com Indicador diário da Scot Consultoria (R$/@)

SP Barretos – 236,21

SP Araçatuba – 236,21

MG Triângulo – 235,77

MG BH – 217,00

MG Norte – 224,50

MG Sul – 213,40

GO Goiânia – 220,83

GO Região Sul – 220,19

MS Dourados – 227,42

MS C. Grande – 231,63

MS Três Lagoas – 224,50

BA Sul – 236,53

BA Oeste – 231,14

MT Norte –211,21

MT Sudoeste – 209,66

MT Cuiabá* – 212,77

MT Sudeste – 213,34

PA Marabá – 210,91

PA Redenção – 205,98

PA Paragominas – 225,27

RO Sudeste – 198,85

TO Sul – 208,00

TO Norte – 211,02

*Região de Cuiabá, inclui Rondonópolis

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente.

Gostou? Compartilhe:
Mais conteúdo

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Raças

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Revista DBO

Destaques

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Cooperativas ‘abrem alas’ para o boi

Gigantes da agricultura e da produção leiteira começam a ver o gado de corte como importante parceiro de suas atividades-mãe e lançam programas específicos para pecuaristas.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Vídeo

Os destaques no vídeo da Edição:

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Programas

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: