Embrapa faz demonstrações de tecnologias e práticas agrícolas em tempo real na Agrishow

Embrapa marca presença com ações para diversas cadeias produtivas do agro brasileiro, entre elas, a da carne, piscicultura e a de insumos

Continue depois da publicidade

A Embrapa chega a 27ª edição da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow) com soluções para diversas cadeias produtivas do agro brasileiro, entre elas, a da carne, piscicultura e a de insumos.

Os visitantes poderão ver demonstrações, ao vivo, de análises de carne por ressonância magnética nuclear (RMN), da qualidade da água de tanques de criação de peixes, e de solos, conhecer fertilizante de liberação controlada e biofertilizante, práticas agrícolas para criação de abelhas-sem-ferrão e bioinsumo para reduzir os efeitos da seca, entre outros resultados de pesquisas obtidos em laboratório e em campo.


As tecnologias serão apresentadas no período de 25 a 29 de abril, no estande localizado na E14a1 do mapa da feira, em Ribeirão Preto (SP), por três unidades de pesquisa: Embrapa Instrumentação (São Carlos, SP), Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e Embrapa Solos (Rio de Janeiro, RJ).

VEJA TAMBÉM | Ministro da Agricultura destaca força do produtor rural na abertura da Agrishow 2022

A Embrapa Instrumentação leva para a Agrishow resultados consolidados de pesquisas desenvolvidas em parceria com startups, que fazem parte do seu ecossistema de inovação, e já com impactos positivos no mercado nacional e internacional.

Pelo menos, quatro das seis tecnologias que serão apresentadas contaram com a participação de agtechs, sediadas em São Carlos, cidade do interior paulista com forte vocação para o empreendedorismo.

Foto: Victor Otsuka

O SpecFit é uma delas (foto). A tecnologia realiza análise de carne por ressonância magnética nucelar (RMN) em segundos. Desenvolvido em parceria com a startup Fine Instrument Technology (FIT) para análise de produtos da agroindústria, o SpecFit fará análise de carne, ao vivo, na Agrishow, utilizando a RMN.

A técnica foi reconhecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Association of Official Agricultural Chemists (AOAC) para avaliação do teor de lipídeos em carnes, produtos cárneos e pescados.

SAIBA MAIS | Anufood Brazil tem avaliação de carne com ressonância magnética

O equipamento, presente em mais de 20 países, nos quais está sendo utilizado para medir o teor de óleo de frutos de dendê, permite a geração de informações precisas na carne e em produtos processados e industrializados à base de proteína animal. Pesquisadores da Embrapa Instrumentação e da startup estarão no estande para fornecer outros detalhes.

Sonda Multiparâmetros Aqua Probe – Fundamental na criação de peixes, a qualidade da água pode ser a causa do sucesso ou fracasso do negócio. Para ajudar os piscicultores, a Embrapa Instrumentação e a startup Acqua Nativa desenvolveram a Sonda Multiparâmetros Acqua Probe, capaz de aferir em tempo real e de forma remota – por meio de celular, tablet ou computador – as propriedades da água de viveiros destinados ao cultivo de organismos aquáticos, como peixes e crustáceos.

Entre os 12 parâmetros que a tecnologia é capaz de monitorar estão níveis de pH, temperatura, oxigênio dissolvido, potencial de oxirredução, turbidez da água, além da clorofila-a e condutividade elétrica. O equipamento nacional, que custa um quarto do valor do importado, integra o Projeto BRS Acqua, liderado pela Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas, TO), que está sendo executado com o objetivo de fortalecer e ampliar a aquicultura.

A Plataforma IA AGLIBS é outra tecnologia que tem a assinatura de uma startup no desenvolvimento, a Agrorobótica. A tecnologia faz a mensuração, reporte, verificação e comercialização (MRVC) de carbono na agricultura e a digitalização da fertilidade e textura do solo, sendo a mesma tecnologia – hardware e software – utilizada pela Nasa em seus robôs para explorar os solos do Planeta Marte. O AGLIBS utiliza a espectroscopia de emissão óptica com plasma induzido por laser (LIBS) e está sendo empregada de forma pioneira no Brasil e no Mundo.

A plataforma IA AGLIBS auxilia os agricultores a resolver grandes problemas do Planeta Terra como mitigação das mudanças climáticas e segurança alimentar. A geração de valor para o agricultor que utiliza a tecnologia consiste em sustentabilidade, agregação de valor nas commodities carbono neutro; aumento da rentabilidade – redução de custos com corretivos e fertilizantes.

Nanocristais de celulose – Semelhantes a grãos de arroz ou agulhas, porém com espessura cerca de 200 mil vezes menor, os nanocristais extraídos de fontes renováveis e sustentáveis, conhecidos como green materials (materiais verdes), têm atraído a indústria do mundo todo. De olho nesse mercado, a startup BioNano e a Embrapa Instrumentação unem esforços na extração de nanocristais para aplicações diversas, que vão da confecção de papéis especiais a cosméticos.

A produção já saiu da escala-piloto, quando se produzia apenas alguns gramas para cerca de 5 quilos diários, em experimentos realizados na empresa. Pequenas amostras de nanocristais extraídos de algodão, bem como em suspensão, também estarão no estande.

Biofertilizante para agricultura familiar – Gerado a partir do tratamento do esgoto doméstico pela Fossa Séptica Biodigestora, o adubo orgânico pode substituir a aplicação do nitrogênio sintético na adubação de pequenas lavouras e pode ser uma excelente alternativa para produtores que não têm acesso a nenhum tipo de fertilizante químico.

Em experimentos com milho para silagem conduzidos por pesquisadores da Embrapa Instrumentação, o biofertilizante, acrescido de fósforo e potássio, demonstrou resultados de produções semelhantes de grãos, comparadas às áreas com nitrogênio, fósforo e potássio (NPK). Na feira, o produtor rural poderá conhecer o adubo orgânico e ver as diferenças entre plantas de milho adubadas com e sem o insumo.

Sachê biodegradável – Desenvolvido à base de produtos naturais entre a Embrapa Instrumentação e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), o sachê de liberação controlada de agroquímicos, solúvel em água, consiste em um material selado por prensagem, que contém em seu interior o insumo desejado.

O sachê é formado por uma mistura de materiais poliméricos com elevada biodegradabilidade que, ao ser inserido no solo, libera o conteúdo de forma gradual, conforme vai se decompondo. Entre as vantagens da inovação estão a diminuição da quantidade de insumos para a mesma atividade agrícola, além de prevenir danos à saúde do produtor rural, porque o agroquímico é inserido no interior do sachê.

Boas Práticas para Instalação e Manejo de Colônias de Abelhas sem Ferrão – A Embrapa Meio Ambiente investe no desenvolvimento de tecnologias para criação e uso sustentável das abelhas-sem-ferrão.

Seu objetivo é gerar renda a partir da biodiversidade brasileira de abelhas e aumentar a produtividade dos cultivos dependentes delas para polinização. A produção de mel e polinização de diversas espécies de culturas é uma grande contribuição das abelhas nativas sem ferrão para a agricultura brasileira.

A Kombi da A.B.E.L.HA., a Associação Brasileira de Estudos das Abelhas com a qual a Embrapa Meio Ambiente mantém parceria no desenvolvimento de tecnologias para criação e uso sustentável das abelhas sem ferrão, estará na feira com abelhas nativas para mostrar os benefícios delas para a sociedade.

Produção Integrada de Morango – A Produção Integrada de Morango (PIMo) permite ao agricultor utilizar cerca de dez vezes menos defensivos químicos, aumenta a produtividade por planta e ainda gera um fruto mais valorizado pelo mercado consumidor.

Esse sistema de produção segue o princípio das boas práticas agrícolas e observa regras estabelecidas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), que coordena nacionalmente o Programa de Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil), enquanto a Embrapa Meio Ambiente coordena o Programa Produção Integrada de Morango, iniciado em 2006.

A Staw Agricultura é uma das propriedades que utiliza a PIMo e possui o Selo Brasil Certificado desde 2019, o primeiro morango do estado do Paraná a receber esse selo pela adoção da produção integrada. A Staw também recebeu o Certificado de Conformidade Orgânica para produção de morango in natura, morango congelado e morango liofilizado, pela Ecocert Brasil Certificado.

Mitigação da Seca por Bactérias Benéficas – O Auras é um bioinsumo produzido a partir da rizobactéria Bacillus aryabhattai, extraída das raízes do mandacaru (Cereus jamacaru), para ser aplicado em lavouras, principalmente milho para aumentar a resiliência e a capacidade de adaptação das plantas ao estresse hídrico, promovendo o crescimento da cultura mesmo em condições de seca. A solução da Embrapa Meio Ambiente, em parceria com a NOOA Ciência e Tecnologia Agrícola, é resultado de mais de 12 anos de pesquisa.

O AURAS, além de propiciar maior segurança no ambiente de produção, promove também maior estabilidade no ambiente biológico e otimiza o uso da água pela planta. O bioinsumo é capaz de reduzir os efeitos causados pelas estiagens prolongadas, minimizando riscos e expressando o verdadeiro potencial das lavouras. Na Agrishow, informações sobre o correto uso do Auras serão repassadas pelos técnicos da Embrapa e da NOOA e o produto industrializado será demonstrado pela empresa.

SpecSolo – O pacote tecnológico, conhecido como SpecSolo, é uma tecnologia inovadora destinada à análise de solos por espectroscopia no infravermelho próximo (NIR) que faz uso de técnicas de Big Data e Inteligência Artificial, desenvolvidas com o auxílio de um robusto banco de dados com mais de 1 milhão de amostras de solos representativos do Brasil.

Desenvolvido pela Embrapa Solos, em parceria com a iniciativa privada, tem a vantagem de analisar as amostras de solo de forma não destrutiva, rápida e econômica.

Dezenas de parâmetros de fertilidade (carbono orgânico do solo, pH, cálcio, magnésio, fósforo, potássio dentre outros) e física do solo (argila, silte e areia) podem ser analisados simultaneamente em apenas 30 segundos. A análise convencional demora dias para apresentar os mesmos parâmetros. Pesquisadores da Embrapa Solos vão demonstrar o modo de funcionamento (incidência da luz infravermelha sobre as amostras de solo).

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo