Pandemia leva virtuais a puxar a agenda de leilões

Formato eletrônico de comercialização garante a manutenção dos negócios durante a crise do novo coronavírus (Covid-19)

Continue depois da publicidade


Os leilões virtuais de bovinos de corte, sejam com animais de genética apurada ou gado geral, já são uma realidade na pecuária nacional. No atual cenário de crise por causa do novo coronavírus (Covid-19), a agenda de eventos neste consolidado formato eletrônico de comercialização de animais pela TV e internet tem se mantido firme.

O diretor da Programa Leilões (Londrina, PR), Paulo Horto, disse em entrevista ao Portal DBO que nenhum leilão foi cancelado dentro do cronograma da empresa até o mês de junho. “Cerca de 90% dos leilões presenciais foram modificados para o formato virtual; os 10% restantes, foram adiados. Isso demonstra que o modelo funciona muito bem, ainda mais neste período difícil. O agronegócio não vai parar”, ressaltou o empresário.


Lourenço Campo, diretor da Central Leilões (Araçatuba, SP) usou suas redes sociais para expor as medidas que a Central Leilões está tomando. “Considerando os negócios, as medidas governamentais para sustentar nossa economia estão sendo tomadas. Nosso papel é manter como for possível o equilíbrio dentro da nossa atividade. Por isso, estamos orientando a realização dos pregões virtuais e os cuidados para o processo de pré e pós-leilão”, disse.

“O leilão virtual passa a ser fundamental para a manutenção dos negócios, tanto para compradores como para os vendedores”, avalia Ricardo Nicolau, dono da leiloeira que leva o seu nome. A empresa com sede em Sinop, no Mato Grosso, não reportou mudanças na sua programação de pregões eletrônicos.

+ Leilões cada vez mais nas telas, por Paulo Horto
+ Mais feiras do agronegócio são canceladas por conta do novo coronavírus

De acordo com Ricardo, três eventos presenciais foram alterados para o formato virtual, com animais filmados nas propriedades. Programados para abril, eles tiveram suas datas confirmadas pelos promotores. “Perdemos o calor e a energia que um leilão com público transmite, mas a situação pede que todos os envolvidos se adaptem ao momento”, diz.

A agenda de leilões virtuais organizada pela Estância Bahia Leilões (Cuiabá, MT) também mantém a sua programação normal. Em comunicado publicado em seu site, a empresa mato-grossense informa ainda que adequou sua rotina de atividades, desde medidas de higienização, orientação da equipe e, principalmente, optando pelo trabalho e atendimento remotos.

“Entendo que o virtual é uma tendência natural em nosso negócio e ganhou uma relevância ainda maior neste momento. O fato de não termos registrado cancelamentos em meio à pandemia demonstra que a modalidade de vendas conquistou a confiança do mercado”, afirma Maurício Cardoso Tonhá (foto), proprietário da leiloeira.

“Todos os pregões presenciais previstos para serem realizados nos próximos 60 dias, como os leilões de gado de corte nos municípios de Primavera do Leste e Campo Novo do Parecis, mantiveram suas datas e foram transformados para o formato eletrônico. Além deles, o tradicional ‘MegaLeilão 10020’, marcado para o dia 18 de abril, será totalmente virtual pela primeira vez, em sua vigésima edição”, revela Tonhá.

 

A Correa da Costa Leilões Rurais (Campo Grande, MS), que tradicionalmente transmite seus eventos pela internet, tinha informado ao Portal DBO que a sua agenda semanal de leilões de gado geral na Estância Orsi (foto) iria ocorrer sem a presença de público e no formato virtual. No último sábado, 21 de março, a empresa comunicou em sua página na internet o cancelamento de seus leilões de corte, atendendo aos decretos municipais.

Outra decisão importante foi a mudança do formato da rodada dupla “Nelorão MS” e “Nelorão Matrizes”, que reuniu cerca de 1 mil pessoas no ano passado. “Pela primeira vez, o evento será 100% virtual, com transmissão pelo Canal do Boi e internet na noite de 27 de março”, informa Nilton Barbosa, sócio-proprietário da leiloeira.

Marcelo Silva, diretor da Trajano Silva Remates (Porto Alegre, RS), informa que todos os eventos presenciais com bovinos e equinos no estado foram cancelados. “As empresas que trabalham com gado geral estão se movimentando para transformar seus remates em virtuais, já que esta modalidade não é comum no Rio Grande do Sul. Por efeito do coronavírus, creio que o formato será uma tendência e vai proliferar por aqui”, revela.

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo