Cotações do boi gordo renovam mínimas em algumas praças pecuárias brasileiras

Elevação na oferta de fêmeas e movimento de desova da safra de boiada terminada a pasto devem continuar nas próximas semanas, mantendo o viés de baixa da arroba

Continue depois da publicidade

A quarta-feira (7), véspera de feriado prolongando, foi de fraco volume de negociações no mercado físico do boi gordo.

Porém, o descompasso entre a oferta e a demanda de animais terminados e o fraco consumo doméstico seguem impactando negativamente as cotações da arroba, relata a S&P Global Commodity Insights.


“O atual panorama no mercado físico não sugere recuperação dos preços do boi gordo, ao menos neste curtíssimo prazo”, ressaltam os analistas.

Na avaliação da consultoria, a tendência de baixa é reforçada pelo elevado número de fêmeas gordas enviadas ao abate.

“Notadamente, tal cenário é observado sobretudo entre as praças do Centro-Norte do País, onde as cotações dos animais terminados seguem fortemente fragilizadas e devem registrar novos ajustes negativos nas próximas semanas, descolando, em parte, dos preços observados nas praças pecuárias do Sul e Sudeste”, aposta a consultoria.

Segundo a consultoria, as escalas de abate nas indústrias de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná se encontram acomodadas em um período que não supera cinco dias de produção.

VEJA TAMBÉM | Mercado Pecuário | Quais são as consequências do grande descarte de fêmeas em 2023?

Por sua vez, no Mato Grosso e Minas Gerais, além das praças das regiões Norte e Nordeste do Brasil, as programações de abate seguem para além da última semana de junho e início de julho, informa a S&P Global.

Dessa maneira, continua a consultoria, o mercado do boi gordo deve registrar comportamentos distintos entre as regiões pecuárias brasileiras, porém, no geral, os preços do boi gordo devem seguir bastante pressionados, com fortes especulações baixistas nas semanas vindouras.

De acordo com levantamento da Scot Consultoria, nesta quarta-feira (7/6), os preços para todas as categorias fecharam estáveis no Estado de São Paulo.

“Há indícios de que a oferta de bovinos está diminuindo, mas ainda é cedo para dizer que caiu de fato”, observam os analistas da Scot.

OUÇA 🎧 | Colocando o ‘boi-China’ no seu devido lugar

Com isso, o boi gordo paulista segue apregoado em R$ 240/@, enquanto a vaca e a novilha gordas fecharam valendo R$ 215/@ e R$ 230/@, respectivamente (preços brutos e a prazo).

A cotação para o “boi-China” (abatido mais jovem, com até 30 meses) está em R$ 240/@ (preço bruto e a prazo) no Estado de São Paulo, portanto, sem ágio em relação ao boi “comum”.

Cotações máximas de machos e fêmeas nesta quarta-feira, 7/6
(Fonte: S&P Global)

SP-Noroeste:

boi a R$ 243/@ (prazo)
vaca a R$ 222/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 227/@ (à vista)
vaca a R$ 207/@ (à vista)

MS-C.Grande:

boi a R$ 229/@ (prazo)
vaca a R$ 209/@ (prazo)

MT-Cáceres:

boi a R$ 212/@ (prazo)
vaca a R$ 182/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 210/@ (à vista)
vaca a R$ 180/@ (à vista)

MT-Colíder:

boi a R$ 210/@ (à vista)
vaca a R$ 182/@ (à vista)

GO-Goiânia:

boi a R$ 217/@ (prazo)
vaca R$ 192/@ (prazo)

GO-Sul:

boi a R$ 217/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 227/@ (à vista)
vaca a R$ 217/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 227/@ (prazo)
vaca a R$ 182/@ (prazo)

MG-B.H.:

boi a R$ 192/@ (prazo)
vaca a R$ 177/@ (prazo)

BA-F. Santana:

boi a R$ 197/@ (à vista)
vaca a R$ 190/@ (à vista)

RS-Fronteira:

boi a R$ 270/@ (à vista)
vaca a R$ 240/@ (à vista)

PA-Marabá:

boi a R$ 194/@ (prazo)
vaca a R$ 179/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 191/@ (prazo)
vaca a R$ 174/@ (prazo)

PA-Paragominas:

boi a R$ 217/@ (prazo)
vaca a R$ 207/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 202/@ (prazo)
vaca a R$ 182/@ (prazo)

RO-Cacoal:

boi a R$ 187/@ (à vista)
vaca a R$ 167/@ (à vista)

MA-Açailândia:

boi a R$ 197/@ (à vista)
vaca a R$ 177/@ (à vista)

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.
DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente
Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo