Chuvas no RS: problemas logísticos comprometem produção de proteínas, destaca Agrifatto

Relatos apontam para rações que não chegam aos criadores e a impossibilidade de fazer o transporte de animais como os principais gargalos para a produção pecuária, observa a consultoria

Continue depois da publicidade

As fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul nos últimos dias causaram danos expressivos à agropecuária local, embora a dimensão total dos prejuízos ainda não tenha sido mensurada, informa a Agrifatto em relatório especial sobre a tragédia climática no Estado.

“Como consequência das intensas chuvas que caíram sobre o Rio Grande do Sul estamos vendo interrupções de estradas e queda de pontes, dificultando, assim, a logística e a produção daquele que é um dos principais estados agropecuários do Brasil”, relata a consultoria.


Segundo os analistas da Agrifatto, o problema logístico é o maior deles. “Os relatos apontam para rações que não chegam aos criadores e a impossibilidade de fazer o transporte de animais como os principais gargalos para a produção pecuária do RS”, observa a consultoria.

VEJA TAMBÉM | RS: impacto da logística sobre abastecimento é principal desafio, avalia Farsul

Além disso, muitos trabalhadores não conseguem chegar às fábricas e a produção da carne não encontra contêineres, nem vias de escoamento.

Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) ao menos sete indústrias de aves e suínos estão paradas. Considerando a lista de 265 municípios em calamidade pública divulgada pela Defesa Civil do Estado, diz a Agrifatto, essas cidades concentram, respectivamente, 7%, 8% e 3% do rebanho de galináceos, suínos e bovinos em nível nacional.

“Olhando para a participação dos municípios afetados no rebanho pecuário do Rio Grande do Sul, são 113,41 milhões de aves (63% do total do Estado), 3,41 milhões de suínos (55%) e 6,49 milhões de bovinos (54%)”, contabiliza a Agrifatto, que complementa: “Como estamos vendo a logística dessa região completamente interrompida, é de se esperar que a produção de proteína animal no Rio Grande do Sul sofra um baque durante as semanas que virão”, prevê.

Além disso, em torno de 40% do leite produzido no Rio Grande do Sul está com a entrega para a indústria comprometida pelas consequências das chuvas. “Com muitas propriedades alagadas e isoladas, o recolhimento no leite encontra dificuldades e a produção diária (de 11 milhões de litros de leite) enviada para a indústria pode sofrer um baque de 40%, o que representa em torno de 4,4 milhões de litros de leite”, afirma a Agrifatto, citando como fonte o Sindilat-RS.

SAIBA MAIS | RS: captação de leite é retomada e indústrias iniciam campanhas de doações, diz Sindilat

Há ainda relatos de diminuição de ração para os animais, com falta do produto em estabelecimentos comerciais. “A recomendação é para que seja priorizada a alimentação dos suínos, que comem exclusivamente ração, tendo em vista que o gado de leite pode ser alimentado com silagem”, esclarece a Agrifatto.

A preocupação com a indústria de proteína animal do Estado também é grande, já que, somente para a “carne”, são 112 indústrias com Selo de Inspeção Federal (SIF) ativos, sendo o quarto Estado do País com mais estabelecimentos SIF habilitados para a produção de carne, informa a consultoria.

Número de estabelecimentos de carne com SIF habilitados

Brasil: 1.251

SP: 340

PR: 171

MG: 131

RS: 112

SC: 109

Outros: 388

Fonte: Agrifatto/Mapa

Participação do Rio Grande do Sul na pecuária nacional

Suíno: 3º

Aves: 4º

Ovos:  5º

Bovinos: 8º

Produção

Suíno: 904,01 mil toneladas

Aves: 1,42 milhão de toneladas

Ovos: 285,38 milhões de dúzias

Bovinos: 411,96 mil de toneladas

Fonte: Agrifatto/Mapa

 

VEJA TAMBÉM

Chuvas no Rio Grande do Sul prejudicam lavouras e dificultam logística

Angus fortalece campanha em solidariedade ao Rio Grande do Sul

CNM: tempestades no RS provocam R$ 967,2 mi em prejuízos em apenas 25 municípios

Inmet: semana começa com tempo quente seco na metade norte e temporais no sul do RS

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo