Boi gordo: nas praças espalhadas pelo Brasil, preços seguem firmes neste meio de semana

Cotações da arroba seguem com tendência de alta nas principais regiões, estimuladas pela expectativa de um avanço na demanda pela carne bovina no curtíssimo prazo

Continue depois da publicidade

Hoje, quarta-feira (29/11), o preço médio do boi gordo no Estado de São Paulo seguiu em R$ 240/@ e, nas demais regiões, a cotação média também estabilizou-se em R$ 223,10/@, informa a Agrifatto, que acompanha diariamente o comportamento dos negócios em 17 praças brasileiras.

“Pelo terceiro dia consecutivo, todas as 17 praças mantiveram cotações estáveis”, ressalta a Agrifatto.


Pelos dados apurados pela Scot Consultoria, a cotação atual do “boi comum” (direcionado ao mercado doméstico) está em R$ 237/@ nas praças paulistas, enquanto a vaca e a novilha gordas são negociadas por R$ 215/@ e R$ 228/@ (preços brutos e a prazo), respectivamente.

O “boi-China”, informa Scot, está cotado em R$ 245/@ (bruto e a prazo) no mercado de São Paulo, com ágio de R$ 8/@ sobre o animal macho “comum”.

Na B3, na terça-feira (29/11), os contratos do boi gordo registraram mais um dia de altas para todos os futuros.

Mercado Pecuário | Seria possível criar um preço mínimo para a arroba do boi no Brasil?

O contrato com vencimento para janeiro de 2024 encerrou o dia cotado em R$ 248,60/@, maior valor desde 9 de agosto de 2023, segundo levantamento da Agrifatto.

Segundo os analistas da Agrifatto, considerando o pagamento dos salários de novembro no primeiro final de semana do próximo mês, além do crescimento de demanda da carne bovina nas festividades de fim de ano, “a expectativa para dezembro de 2023 é de um mercado físico (do gordo) bastante consistente”.

“Como antecipação, nas negociações com o mercado atacadista a partir desta quarta-feira, a maioria dos produtos com ossos já sinaliza valorização em torno de R$ 0,50/kg”, relatam os analistas.

De acordo com levantamento da S&P Global Commodity Insights, o mercado brasileiro do boi gordo segue ativo no meio desta semana, com cotações positivas em algumas praças diante da necessidade em recompor escalas para dezembro/23.

“Apesar de não ocorrer altas vigorosas e abrangentes nas praças do País, o ambiente de lateralidade das últimas semanas dá lugar ao viés positivo nas cotações do boi gordo”, reforça a S&P Global.

Segundo a consultoria, porém, as escalas de abate dos frigoríficos brasileiros adentram a segunda quinzena de dezembro, indicando que as indústrias devem atuar de maneira mais contida nas inserções de compra a partir da primeira semana do próximo mês.

“Verifica-se que as operações para cobrir a demanda sazonal (referente às necessidades de consumo de carne bovina em dezembro/23) parecem estar minimamente cobertas”, antecipa a S&P Global.

Desta forma, a S&P Global Commodity Insights acredita que, ao longo de dezembro/23, sobretudo na etapa final, mercado brasileiro do boi gordo perderá força, operando com  fraca liquidez.

VEJA TAMBÉM | MT tem o menor valor para boi gordo entre as principais praças brasileiras, diz Agrifatto

“Este pano de fundo deverá se estender até a primeira quinzena de janeiro/24, tendo em vista o período de férias escolares, paralisações coletivas, além das interrupções relacionadas às festividades de final de ano”, relatam os analista da S&P Global.

No entanto, continua a consultoria, diante de uma oferta enxuta de boiadas gordas (período final de entressafra) e atraso na terminação de animais a pasto (devido às condições climáticas desfavoráveis), espera-se certa estabilidade nos preços físicos da arroba nas primeiras semanas de 2024.

Cotações máximas de machos e fêmeas nesta quarta-feira, 29/11 (Fonte: S&P Global)

SP-Noroeste:

boi a R$ 241/@ (prazo)
vaca a R$ 217/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 229/@ (à vista)
vaca a R$ 209/@ (à vista)

MT-Cáceres:

boi a R$ 217/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 215/@ (à vista)
vaca a R$ 190/@ (à vista)

GO-Sul:

boi a R$ 231/@ (prazo)
vaca a R$ 217/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 231/@ (à vista)
vaca a R$ 205/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 231/@ (prazo)
vaca a R$ 212/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 212/@ (prazo)
vaca a R$ 192/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 227/@ (prazo)
vaca a R$ 207/@ (prazo)

RO-Cacoal:

boi a R$ 212/@ (à vista)
vaca a R$ 195/@ (à vista)

Preços dos animais terminados apurados pela Agrifatto em 29/11

São Paulo — O “boi comum” vale R$235,00 a arroba. O “boi China”, R$245,00.
Média de R$240,00. Vaca a R$215,00. Novilha a R$225,00. Escalas de abates de nove dias;

Minas Gerais — O “boi comum” vale R$225,00 a arroba. O “boi China”, R$235,00.
Média de R$230,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abate de oito dias;

Mato Grosso do Sul — O “boi comum” vale R$225,00 a arroba. O “boi China”, R$235,00. Média de R$230,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$210,00. Escalas de abate de sete dias;

Mato Grosso — O “boi comum” vale R$205,00 a arroba. O “boi China”, R$215,00.
Média de R$210,00. Vaca a R$190,00. Novilha a R$195,00. Escalas de abate de sete dias;

Tocantins — O “boi comum” vale R$220,00 a arroba. O “boi China”, R$230,00.
Média de R$225,00. Vaca a R$205,00. Novilha a R$205,00. Escalas de abate de sete dias;

Pará — O “boi comum” vale R$215,00 a arroba. O “boi China”, R$225,00. Média de R$220,00. Vaca a R$200,00. Novilha a R$205,00. Escalas de abate de onze dias;

Goiás — O “boi comum” vale R$225,00 a arroba. O “boi China/Europa”, R$235,00. Média de R$230,00. Vaca a R$210,00. Novilha a R$220,00. Escalas de abate de cinco dias;

Rondônia — O boi vale R$215,00 a arroba. Vaca a R$200,00. Novilha a R$200,00.
Escalas de abate de nove dias;

Maranhão — O boi vale R$215,00 por arroba. Vaca a R$200,00. Novilha a R$200,00.
Escalas de abate de sete dias;

Paraná — O boi vale R$230,00 por arroba. Vaca a R$205,00. Novilha a R$210,00.
Escalas de abate de sete dias.

Gostou? Compartilhe:
Destaques de hoje no Portal DBO

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

clima tempo

São Paulo - SP

max

Máx.

--

min

Min.

--

017-rain

--

Chuva

008-windy

--

Vento

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Leilões em destaque

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Pular para o conteúdo