Agrifatto: “Produtividade da pecuária de corte evoluiu em vários aspectos”

SP deteve o título de carcaça mais pesada do Brasil em 2023, com média de 18,5 @/cab., enquanto no RS os bovinos são abatidos gerando em média 15,5 @/cab.

Continue depois da publicidade

Nesta semana, a Agrifatto, com escritório na capital paulista, divulgou um relatório especial sobre a produtividade da pecuária de corte brasileira.

Segundo a consultoria, “muito se discute sobre este tema hoje no Brasil, principalmente quando se observa a “disparidade da aplicação das tecnologias dentro das propriedades rurais brasileiras”.


No material apresentado, a Agrifatto apontou a evolução dos principais gargalos tecnológicos da pecuária brasileira nas últimas décadas.

Para facilitar o entendimento ao leitor, a consultoria colheu e analisou dados considerando três aspectos distintos: produtividade em “peso de carcaça”, em “idade ao abate” e, por fim, em “ocupação de área”.

O Portal DBO apresenta aqui o primeiro item (peso de carcaça) do trabalho – os demais serão abordados em textos separados.

Antes disso, antecipamos aqui a conclusão final sobre este precioso trabalho de levantamento de dados de produtividade realizado pelo economista Yago Travagini (foto) e demais consultores da equipe da Agrifatto:

Foto: Reprodução / Facebook

“Nos últimos 20 anos, a pecuária de corte brasileira evolui nos mais diversos aspectos de produtividade. Afinal, estamos produzindo mais carne bovina por animal, por hectare, por rebanho e abatendo animais mais jovens. Tudo isso tem resultado em ganhos estruturais para a economia brasileira, que vê as exportações baterem recorde de faturamento e volume nos últimos anos. Obviamente, há muito espaço para melhorias, mas ao pecuarista tem sido necessário aumentar a produtividade e a diluição de custos, tendo em vista sua perpetuidade na atividade.  Conclusão: além de ter se tornado mais produtivo, a pecuária brasileira conseguiu gerar mais riqueza e rentabilidade para em menos hectares de pasto”.

PESO DE CARCAÇA

O primeiro ponto destacado pela Agrifatto é a evolução da produtividade em peso de carcaça dos bovinos abatidos no Brasil nos últimos anos. Em 2023, estima-se que a pecuária brasileira tenha gerado, em média, 17,5 arrobas de carcaça por cabeça, um aumento de 10,74% frente o valor de 2013 (15,8 @/cab.) e de 14,13% sobre o patamar de 2003 (15,4 @/cab.).

“Cabe a ressalva de que o peso máximo das carcaças bovinas brasileiras foi atingido em 2021 (17,9 @/cab) e, desde então, tem recuado devido principalmente ao aumento da participação das fêmeas nos abates entre 2022 e 2023”, observa a Agrifatto.

Apesar da evolução dos últimos anos, continua a consultoria, a disparidade no desempenho das carcaças dos bovinos brasileiros é grande e fica evidente quando se compara os números por Estados (principais produtores).

São Paulo deteve o título de carcaça mais pesada do Brasil em 2023, com média de 18,5 @/cab., enquanto no Rio Grande do Sul os bovinos são abatidos gerando em média 15,5 @/cab., uma diferença de 19%.

VEJA TAMBÉM | Baixa na reposição: “Quanto mais pesada, menor é o preço de negociação”, diz Agrifatto

Tal discrepância, justifica a Agrifatto, pode ser explicada pela variação no perfil de produção no Sul do País, que prioriza um animal mais jovem (mais de 40% dos bovinos abatidos localmente têm menos de 24 meses) e, consequentemente, mais leve.

Foto: Eduardo Rocha

Apesar de São Paulo ser o Estado com a carcaça mais pesada do Brasil, não foi onde se observou a maior evolução nos últimos 15 anos (2008 a 2023). No quesito, o destaque principal vai para as carcaças do Tocantins, que saíram de um peso médio de 14,2 @/cab. em 2008 para 17,6 @/cab. em 2023, evoluindo 24% nos últimos 15 anos. “Tal crescimento faz sentido, afinal de contas, onde há maior defasagem, há maior potencial de melhora”, diz o relatório.

Por sua vez, na ponta de menor evolução no peso das carcaças encontra-se também o Rio Grande do Sul, que registrou um crescimento de apenas 3,8%, saindo de 14,9 @/cab. em 2008 para 15,5 @/cab. em 2023. “Novamente, a dinâmica da produção gaúcha interfere nesse comportamento, além de uma pecuária mais tradicional e consolidada em animais de raça europeia”.

Veja os demais dados de evolução da produtividade na atividade pecuária em publicações posteriores neste Portal DBO 

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

DBO, há mais de 40 anos acompanhando e contribuindo para uma pecuária cada vez mais moderna e eficiente.

Gostou? Compartilhe:
Mais conteúdo

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Vaca - 30 dias

Boi Gordo - 30 dias

Fonte: Scot Consultoria

Colunas e Artigos

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Raças

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Jornal de Leilões

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Revista DBO

Destaques

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Cooperativas ‘abrem alas’ para o boi

Gigantes da agricultura e da produção leiteira começam a ver o gado de corte como importante parceiro de suas atividades-mãe e lançam programas específicos para pecuaristas.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.


Faça já sua assinatura digital da DBO


Leia todo o conteúdo da DBO a partir de R$16,90 por mês.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Vídeo

Os destaques no vídeo da Edição:

Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.
Os benefícios de cada estabelecimento é liberado apenas para membros com assinatura válida.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Newsletter

Newsletter

Destaques do Dia

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Programas

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Continue depois da publicidade

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: